Black Friday Ubannet

15/08/2017 às 12h33m - Atualizado em 15/08/2017 às 13h38m

Polícia prende suspeito de esfaquear e queimar jovem desaparecida em Camaragibe

Ela saiu de casa para uma entrevista de emprego no sábado e foi encontrada desacordada e gravemente ferida nesta segunda-feira

falso_emprego

O homem suspeito de ter esfaqueado e queimado uma jovem de 19 anos, que estava desaparecida desde o último sábado, em um terreno baldio de Timbi, em Camaragibe, foi preso, no final da manhã desta segunda-feira. Elvis Rodrigues Gonçalves, de 24 anos, confessou o crime e contou que não conhecia a estudante antes de abordá-la. A polícia realiza perícias e vai ouvir a vítima para concluir as investigações. O suspeito foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio e será encaminhado para uma audiência de custódia na manhã desta terça-feira.

De acordo com o delegado Wagner Domingues, responsável pelas investigações, o suspeito alegou ter problemas psiquiátricos. "Ele agiu sozinho e confessou o crime. Disse também não saber o motivo", afirmou. A polícia chegou até o suspeito depois de ter analisado imagens de câmeras de segurança da área. Elvis aparece carregando uma pessoa no ombro.   

A estudante de 19 anos foi encontrada desacordada no início da manhã desta segunda-feira em uma mata no bairro do Timbi. Resgatada pelo Corpo de Bombeiros, a vítima foi socorrida em estado grave para o Hospital da Restauração (HR), no Recife, onde deu entrada às 7h30. A irmã dela informou que a jovem foi estuprada, teve o corpo queimado, foi quase degolada com um corte profundo de faca na garganta e esfaqueada também na barriga. No HR, a paciente foi submetida a um procedimento cirúrgico de emergência. De acordo com a assessoria de comunicação do hospital, ela tem quadro estável e se recupera da cirurugia geral, na sala de recuperação. As queimaduras foram de pouca gravidade e o possível abuso sexual deverá ser comprovado pelo Institito de Medicina Legal (IML) ou pela equipe do Hospital Agamenon Magalhães.

De acordo com familiares, a vítima, que mora em São Lourenço da Mata e não terá o nome divulgado, desapareceu depois de sair de casa para uma entrevista de emprego em Camaragibe. Na véspera, a jovem havia sido abordada na rua por um desconhecido que teria informado estar à procura de uma mulher morena sem tatuagens para trabalhar em uma academia no bairro de Boa Viagem, no Recife. Com receio, a estudante teria pedido para o rapaz ir até o cursinho onde estuda para falar sobre a proposta de emprego durante o intervalo das aulas e teria pedido a uma prima acompanhá-la. O rapaz foi ao encontro na frente do curso e informou que a proprietária queria vê-la naquele momento. Como não poderia sair, a jovem pediu para marcar a entrevista para as 10h do sábado, em uma academia ao lado da prefeitura de Camaragibe. Após sair de casa, ela não foi mais vista e desde então o celular permaneceu fora de área.

Do Diário de Pernambuco

Comentários

Outras notícias