Black Friday Ubannet

15/08/2017 às 08h15m - Atualizado em 15/08/2017 às 08h47m

Mulher é achada com cortes e queimaduras após ser chamada para entrevista de emprego em Camaragibe

Ela sumiu no sábado (12) e foi localizada nesta segunda (14) em um matagal com lesões nos seios e ferimento profundo no pescoço.

falso_emprego

Uma mulher, de 19 anos, foi encontrada gravemente ferida, nesta segunda-feira (14), em um matagal localizado no bairro do Timbi, em Camaragibe, no Grande Recife. Ela estava desaparecida desde sábado (12), quando foi abordada, na frente de um curso técnico, por um homem que ofereceu uma proposta de emprego. A vítima apresentava queimaduras pelo corpo, lesões nos seios, escoriações nos braços e um corte profundo no pescoço.

A vítima foi encontrada pelo Corpo de Bombeiros e levada para o Hospital da Restauração (HR), no Derby, na área central do Recife. De acordo com a unidade de saúde, ela foi submetida a uma cirurgia no início da manhã desta segunda. O corte no pescoço é o que mais preocupa a equipe médica. As queimaduras não são graves, segundo o hospital. Contudo, o seu quadro de saúde é estável e ela passa bem.

Segundo a irmã da vítima, que esteve no hospital, a mulher foi abordada por um homem baixo, magro e loiro, no intervalo do curso. Ele teria dito que haveria uma entrevista de emprego para trabalhar em uma academia em Camaragibe.

“O homem disse que era uma academia que fica ao lado da prefeitura. Ele queria que ela fosse na hora, na sexta-feira, mas uma amiga disse que não daria tempo de ir e voltar para o curso e que ela perderia a aula”, contou.

Com a negativa, o homem sugeriu que a vítima fosse no dia seguinte ao local, por volta das 10h. “Pediu para ela levar os documentos, o currículo e ir com roupa de academia”, completou a irmã da vítima.

O homem teria abordado outras mulheres na porta do curso, mas nenhuma se interessou pela proposta. “Estamos ansiosos para que a minha irmã melhore e assim possamos ouvi-la. Ela é a irmã caçula. Estamos com o coração partido", declarou.

A família da vítima informou ter prestado queixa do desaparecimento da jovem na Delegacia de Camaragibe, no domingo (13). "Precisamos encontrar esse homem, porque ele pode fazer outras vítimas como a minha irmã", afirmou a irmã da vítima, que pede justiça. Por meio de nota, a Polícia Civil de Pernambuco informou que já começou a investigar o caso.

Do G1 PE

Comentários

Outras notícias