Black Friday Ubannet

14/08/2014 às 04h24m - Atualizado em 14/08/2014 às 04h27m

Abalada, Marina Silva fala da convivência com Eduardo Campos

"Durante esses 10 meses de convivência aprendi a respeitá-lo, admirá-lo e a confiar nas suas atitudes e ideais de vida", disse

Visivelmente abalada, a candidata à vice-presidência Marina Silva, fez um pronunciamento sobre a morte de Eduardo Campos nesta quarta-feira (13)."Primeiro eu quero pedir a Deus que sustente a Renata, ao Zé, ao João, a Duda, o Pedrinho, o pequenino Miguel e a todos os familiares dos companheiros de Eduardo Campos", declarou. Marina falou que a tragédia impõe luto e tristeza. "Durante esses 10 meses de convivência aprendi a respeitá-lo, admirá-lo e a confiar nas suas atitudes e ideais de vida. Foram 10 meses de intensa convivência, que como eu disse, começamos a afiar juntos, principalmente a esperança de um mundo melhor e mais justo."

Marina Silva disse que Eduardo estava empenhado em seus ideais até os últimos segundos de vida. "A imagem que eu quero guardar dele é de nossa despedida de ontem. Cheio de sonhos, cheio de compromissos", disse.

ACIDENTE - Eduardo Campos morreu na manhã desta quarta-feira, após o jatinho onde estava cair em Santos, litoral de São Paulo. O acidente aconteceu por volta das 10h. A aeronave do candidato saiu do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, para o Guarujá, em São Paulo, onde ele tinha evento de campanha na manhã de hoje. Chovia muito na hora do acidente. O piloto ainda tentou arremeter, mas não conseguiu e acabou caindo por cima de algumas casas.


Do JC Oline

Comentários

Outras notícias