Black Friday Ubannet

10/08/2017 às 10h05m - Atualizado em 10/08/2017 às 21h30m

Polícia Federal faz operação para combater fraude de aposentadoria

Estima-se que o valor do prejuízo dado aos cofres públicos chegue a quase R$ 22 milhões.

operacao__pf

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quarta-feira (9), uma operação para desarticular uma quadrilha que fraudava benefícios do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). As 6 horas da manhã, 120 policiais e servidores do INSS cumpriram dois mandados de prisão preventiva, 18 de conduções coercitivas e oito de busca e apreensão.

A Operação Insistência, como é sendo chamada, aconteceu no bairro de Brasília Teimosa, na Zona Sul do Recife, e no município do Cabo de Santo Agostinho. As investigações começaram em 2015 e mostram que a agência do INSS do Cabo concedeu 1.527 benefícios em um ano, quando uma agência do mesmo porte concedeu 139 no mesmo período.

Estima-se que o valor do prejuízo dado aos cofres públicos chegue a quase R$ 22 milhões.

Autuação

As pessoas conduzias coercitivamente e os presos foram levados para a sede da Polícia Federal depois de indiciados responderão pelos crimes, na medida de sua participação, de: estelionato cometido contra entidade de direito público, inserção de dados falsos no sistema de informações, falsificação de documento público, corrupção passiva. As penas somadas chegam a 29 anos de reclusão.

Insistência

O nome da Operação Insistência se deu pelo fato do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do Cabo de Santo Agostinho continuar no esquema fraudulento de concessão de benefícios mesmo após a deflagração da Operação Manager, que aconteceu em setembro de 2016.

Do site da TV Jornal

Comentários

Outras notícias