Black Friday Ubannet

10/08/2017 às 19h20m

Pernambuco: Suspeito de cometer até 30 assassinatos é preso na Mata Sul

A Polícia Civil aponta José Givanildo dos Santos como o matador de uma organização criminosa. Caso condenado, a pena pode chegar a cem anos de prisão.

homicida_-_quipapa

Um homem de 36 anos, acusado de cometer cinco assassinatos, foi preso nesta quarta-feira (09/08), em um sítio na Zona Rural de Quipapá, na Zona da Mata Sul pernambucana. José Givanildo dos Santos estava foragido da Justiça desde 2012. A Polícia Civil aponta José como o matador de uma organização criminosa e que o número de mortes atribuída a ele pode chegar a 30.

Ainda segundo a polícia, José Givanildo é alvo de cinco mandados de prisão preventiva referentes a cinco assassinatos. Desses crimes, dois foram na cidade de João Alfredo, no Agreste; um no Cabo de Santo Agostinho, Grande Recife; e dois na capital pernambucana. Caso condenado, a pena pode chegar a cem anos de prisão. 

De acordo com o delegado responsável pelas investigações do caso, Paulo Gustavo Gondim, titular da Delegacia de Limoeiro, todas as mortes estão relacionadas ao tráfico de drogas. Ainda há suspeita de que José Givanildo tenha cometido outros homicídios entre os anos de 2010 e 2012. 

Com o acusado, também foram apreendidos um revólver calibre 38 e 23 munições. José Givanildo dos Santos será encaminhado para audiência de custódia, por porte ilegal de arma de fogo, e segue para o sistema prisional para o cumprimento dos mandados de prisão.

Da Folha PE

 

Comentários

Outras notícias