Black Friday Ubannet

09/08/2017 às 08h04m - Atualizado em 09/08/2017 às 10h42m

Caravana pretende dar visibilidade às lésbicas e mulheres bissexuais

Programação conta com um mês de atividades que pregam o respeito às diferenças

lgbt_diversidade
 
Até o próximo dia 3 de setembro, a Caravana da Visibilidade Lésbica e Mulheres Bissexuais realiza uma série de atividades em vários municípios pernambucanos. Entre as ações, estão a Oficina de Promoção de Saúde e Cidadania para Lésbicas e Mulheres Bissexuais, no dia 28/08, na Cooperativa Palha de Arroz, em Campo Grande; o evento Mães Pela Diversidade, no dia 29/08, no Cais do Sertão, no Recife Antigo; e o II Seminário sobre Lésbicas e Mulheres Bissexuais, nos dias 30 e 31/08, na UFPE.
 
A Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSC), sob a gestão do secretário Roberto Franca,  a Secretaria Executiva de Segmentos Sociais, vinculada à SDSCJ e dirigida por Sérgio Moura, participam da Caravana através da Coordenadoria LGBT da SDSCJ, dirigida por Marcone Menezes. Também integram as ações diversas prefeituras, entidades e movimentos sociais. 
 
Segundo Marcone Menezes, "essas ações, além de ratificarem os serviços oferecidos para o segmento, servem para sensibilizar o público circulante sobre o respeito às diferenças". Ele destacou que esse é "um momento de comemorar todos os direitos já alcançados, sem esquecer que temos muitas conquistas ainda por vir". O objetivo é dar visibilidade às ações desenvolvidas em diversas áreas do Estado, buscando uma reflexão da sociedade sobre os direitos e deveres de cada cidadão.
 
DIA NACIONAL
 
O Dia Nacional da Visibilidade Lésbica e Mulheres Bissexuais (29/08) foi criado por ativistas lésbicas e bissexuais brasileiras em alusão à data em que aconteceu o 1º Seminário Nacional de Lésbicas e Bissexuais - Senale, ocorrido em 29 de agosto de 1996. Segundo os organizadores, sua importância se evidencia pela urgente necessidade de se combater o ódio e a violência contra lésbicas e mulheres bissexuais, recorrentes vítimas da misoginia (antipatia ou aversão mórbida às mulheres) no Brasil. ​

Comentários

Outras notícias