Black Friday Ubannet

07/08/2017 às 23h34m - Atualizado em 08/08/2017 às 07h59m

Cerca de 200 mil pessoas visitam o Agreste para a Corrida da Galinha

A festa, criada em 1992 em São Bento do Una, faz jus a fama da cidade de maior produtor de ovos e frangos do Nordeste

corrida_da_galinha
Foto: Internet/Divulgação
 
Festa tradicional no calendário do Agreste pernambucano, a 20ª edição da Corrida da Galinha movimentou cerca de R$ 10 milhões na cidade de São Bento do Una, a 206 quilômetros do Recife. A festa, criada em 1992, faz jus a fama da cidade de maior produtor de ovos e frangos do Nordeste, e este ano acolheu 200 mil pessoas no local, quase quatro vezes mais que o número de habitantes - 57 mil.
 
Com o tema "Sempre na Pole Position! O resto é delação", o evento contou com diversos shows, - entre eles Márcia Fellipe e Jonas Esticado - atividades culturais, exposições, palestras e competições. A programação também incluiu feiras de agricultura e artesanado, juntando ao todo 33 expositores, que movimentaram o comércio no local. De acordo com os organizadores, foram mais de dois mil empregos indiretos nesta edição.
 
As famosas competições da Corrida da Galinha foram realizadas no Galinhódromo - uma espécie de pista de circuito fechado - com capacidade para cinco mil pessoas. O local tem 85 metros de extensão e sua estrutura conta com o “Pinto stop” (versão galinácea do pit stop do automobilismo). A corrida é narrada por “Galão Bueno”, direto da torre de comando do Galinhódromo. As demais competições são divididas em categorias que incluem corridas, disputada para ver quem come mais rápido, concurso fantasia e imitações. O prêmio principal foi para a galinha Stéphane, de Diego Oliveira. 
 
Com informaçõe do Diário de Pernambuco

Comentários

Outras notícias