Black Friday Ubannet

04/08/2016 às 17h19m - Atualizado em 05/08/2016 às 05h59m

Timbaúba: Homem é morto com vários disparos de arma de fogo na comunidade de Santiago

Até o momento, a polícia não tem informações sobre autoria e motivação do crime. Esse foi o 19º homicídio registrado no município neste ano de 2016.

Em 2016, faltando aproximadamente cinco meses para o término do ano, o número de assassinatos no município já ultrapassou os doze meses dos dois últimos anos. 2014 (17 homicídios) e 2015 (18).

Um mototaxista foi morto a tiros nesta quinta-feira (3) por volta das 15 horas na Comunidade de Santiago, em Timbaúba. A Polícia Militar informou ao Timbaúba Agora que a vítima é Josildo José de Souza, de 32 anos, residia no Sítio Gravatá na zona rural do município.

A PM também informou que Josildo estava pilotando uma motocicleta quando foi surpreendido pelo autor do crime que provavelmente estava a pé. Ele ainda tentou escapar do algoz entrando na residência de sua tia quando foi alvejado por dois disparos de arma de fogo na altura do tórax, não resistindo aos ferimentos morreu no local.

Após a perícia técnica feita no local do crime pela Polícia Civil, o corpo de Josildo José de Souza foi conduzido para o Instituto de Medicina Legal (IML) no bairro de Santo Amaro, área central de Recife. A 46ª Delegacia de Pollícia Civil já está investigando o crime.

Mais informações em instante.

Em pouco mais de sete meses, Timbaúba já registrou 19 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI). Portanto, em 2016, faltando pouco menos de cinco meses para o término do ano, o número de assassinatos no município já ultrapassou os doze meses dos anos 2000 (16), 2001 (11), 2002,(14), 2003 (17), 2006 (16), 2008 (16), 2009 (15), 2010 (17), 2011 (14), 2012 (17), 2014 (17), 2015 (18).

Números que classificam o ano de 2016 como um dos mais violentos das últimas duas décadas. Estatísticas reais que merecem a atenção das autoridades responsáveis pela segurança pública de Timbaúba.

LEIA TAMBÉM: Número de homicídios em Timbaúba registra aumento de 45% em relação ao mesmo período do ano passado

Comentários

Outras notícias