Black Friday Ubannet

02/08/2017 às 13h59m - Atualizado em 03/08/2017 às 10h40m

Timbaúba: Usina Cruangi/Coaf iniciará moagem nos próximos dias

A abertura da moagem deve ocorrer no próximo dia 23, a data pode mudar a depender da condição climática. Governador Paulo Câmara deve comparecer ao evento.

paulo_cruangi

Deixe seu comentário no final da matéria

Nesta segunda-feira (31), lideranças do setor canavieiro e políticos da região da Zona da Mata se reuniram com o governador Paulo Câmara e alguns secretários no Palácio do Campo das Princesas. Na reunião, foi feito o convite para o lançamento da moagem de duas usinas geridas por cooperativas de agricultores e que são beneficiadas por crédito fiscal especial sobre o etanol produzido nas unidades. O gestor acenou que participará dos eventos nas próximas semanas na usina Coaf/Cruangi, em Timbaúba, e depois na usina Agrocan/Pumaty, em Joaquim Nabuco.

Outras informações sobre Timbaúba clique no link: https://goo.gl/eFVsEf

A previsão é de que a moagem comece pela Coaf. Uma missa campal será realizada no pátio da usina. O evento deve ocorrer no próximo dia 23. A data pode mudar a depender da condição climática. No começo de setembro, será a vez do lançamento da moagem na usina Agrocan, que também dependerá do comportamento da chuva. O secretário da Casa Civil, Antônio Figueira e o deputado Aloísio Lessa (PSB) acompanharam o governador durante a reunião com as lideranças do setor canavieiro.

Na ocasião, a urgente manutenção das estradas vicinais e principais na Zona da Mata, exatamente as vias para o transporte da cana das duas usinas, foi abordada. Os pleitos foram apresentados pelos presidentes da Coaf (Alexandre A. Lima) e da Agrocan (Gerson Carneiro Leão), cooperativas ligadas à Associação dos Fornecedores de Cana de PE (AFCP) e ao Sindicato dos Cultivadores de Cana do Estado respectivamente. Ainda estavam presentes o vice-presidente da AFCP, Frederico Pessoa de Queiroz, e o consultor do setor sucroenergético, Gregório Maranhão.

Dívidas rurais

Andrade Lima, que também preside a AFCP, estará em Brasília nesta quinta-feira (3), para se reunir com lideranças da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária (CNA) e com o deputado federal Júlio Cesar (PSD-PI). Na pauta, serão feitos questionamentos sobre a publicação de uma nova lei federal que estende a possibilidade do refinanciamento de dívidas rurais contraídas até 2016, mas que limita o acesso do produtor de cana devido os dispositivos criados sem debate anterior com o setor. “O deputado foi o interlocutor direto com o Planalto sobre tal legislação. Nossa esperança é que seja revista tais barreiras”, diz Damião Pereira Filho, tesoureiro da AFCP, que também participará dessas articulações.

Comentários

Outras notícias