Black Friday Ubannet

02/08/2017 às 12h46m

Náutico vence Vila Nova-GO fora de casa

O gol da vitória alvirrubra foi anotado pelo zagueiro Breno Calixto, aos 32 minutos do primeiro tempo.

bandeira

Com uma postura ofensiva, no primeiro tempo, e aguerrida, durante os 90 minutos, o Náutico venceu o Vila Nova-GO por 1x0, na noite desta terça-feira, no Estádio Serra Dourada. O gol da vitória alvirrubra foi anotado pelo zagueiro Breno Calixto, aos 32 minutos do primeiro tempo. Com o triunfo, o Timbu chegou aos 11 pontos e na próxima sexta-feira (4) enfrenta o Luverdense-MT, às 20h30, na Arena de Pernambuco.

Sem tempo para treinar e mais na base da conversa, o interino Levi Gomes mudou o time titular para a partida desta noite. Jobson, suspenso, deu lugar ao meia Bruno Mota. Enquanto David ganhou a vaga de Léo. Com as alterações, o Timbu procurou valorizar a posse de boa, principalmente no campo de ataque, e rondou a área adversária. Porém, sem conseguir penetrar o bloqueio dos donos da casa e finalizar. O Vila Nova, por sua vez, chegou pouco, mas foi perigoso. Alípio arriscou rasteiro de fora da área e a bola passou ao lado da meta de Tiago Cardoso.

Aos poucos, o Timbu foi encontrando espaços para concluir as jogadas e quase sempre pelo lado esquerdo. Aos 18, Henrique Ávila cruzou e Mateus Muller quase marcou contra. Aos 32 minutos, no entanto, saiu o gol alvirrubro. Iago pegou a sobra na entrada da área e tentou arrematar. A bola desviou em Maguinho e Breno Calixto completou para o fundo das redes: 1x0. A vantagem poderia ter sido ampliada instantes depois. Em rápido contra-ataque, Iago tocou para Bruno Mota chutar com perigo por cima da trave.

Na volta do intervalo, a postura das duas equipes mudou completamente. O Vila Nova foi todo ataque desde o minuto inicial da etapa complementar. O técnico Hemerson Maria colocou dois atacantes: Wallyson e Tiago Adan. Já o Timbu tentou segurar a pressão de todas as formas e, de certa forma, sofreu poucos sustos.

Após os 30 minutos, Levi Gomes fez as três substituições que tinha direito. Geronimo, Manoel e Aislan entraram nas vagas de Iago, Henrique Ávila (machucado) e Erick. Aos 48, Manoel cometeu uma falta quase dentro da área, recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Mateus Muller cobrou, a bola tocou na trave e foi para fora. O último lance que garantiu a segunda vitória alvirrubra na Série B.

Clauber Santana / Comunicação CNC

Comentários

Outras notícias