Black Friday Ubannet

02/08/2016 às 01h54m - Atualizado em 02/08/2016 às 11h21m

Timbaúba: Bandidos arrombam sede do Bolsa Família e furtam vários equipamentos do local

Com o furto de equipamentos essenciais, centenas pessoas carentes serão prejudicadas e deixarão de receber atendimento.

Ao chegar na manhã desta segunda feira (1) para mais uma semana de trabalho no Centro de Atendimento ao Programa Bolsa Família, na rua Tenente João Gomes, no centro de Timbaúba, o recepcionista Paulo Roberto se dirigiu ao seu birô, viu que estava faltando o monitor do computador, e ao tentar ligar outro equipamento, percebeu que estava sem conexão com a rede de internet. Foi então que Paulo notou a ausência dos roteadores e outros objetos.

Vândalos forçaram uma grade de ferro existente por trás da sede do Bolsa Família, localizada na popular “Rua do Sapo”, e não conseguiram quebrar uma corrente trancada por um cadeado grande. Eles destelharam uma parte de um terraço nos fundos do prédio, forçaram a porta de acesso a área de serviço, até conseguir quebrar a fechadura. Equipamentos de trabalho de essencial importância foram subtraídos deixando os funcionários impossibilitados de atender a população carente que todos os dias se dirige aquela repartição pública para resolver assuntos relativos ao Programa Bolsa Família.

Luzanita Monteiro (Gestora do Bolsa Família), Fabiano Maracajá (Coordenador) e o recepcionista Paulo Roberto, fizeram uma minuciosa busca nos destroços deixados pelos meliantes e uma lista com todos os equipamentos de trabalho subtraídos pelos marginais foi entregue a Polícia Civil: 1 Notebook Itautec, 2 Impressoras, 2 Toner's de impressora, 1 Monitor 18”, 1 Tablet Ipad, 1 Leitor de DVD Samsung, 1 Roteador Intelbras, 2 Filtros de linha, 2 Switch, 1 TV Samsung 32", 2 Câmeras fotográficas, 2 Ventiladores Arno, 1 Botijão de gás, 1 Bomba d'agua, 7 Lâmpadas. Um Boletim de Ocorrência foi registrado na 46ª Delegacia de Polícia Civil de Timbaúba.

Todos que trabalham naquela repartição ficaram perplexo com tamanha ousadia. Depredar um ambiente de atendimento público onde quase uma centena de pessoas deixarão de ser atendidas diariamente, é prejudicar principalmente as pessoas mais carentes, pois além de levarem os objetos, os meliantes vasculharam e bagunçaram os arquivos, gavetas e armários contendo cadastros com dados de cerca de 11.500 famílias totalizando 37.000 pessoas e tudo terá que ser reorganizado. Segundo informou a gestora, em Timbaúba, 6.300 famílias recebem o Bolsa Família, programa de assistência do Governo Federal. Perfazendo 23.000 o total de pessoas que são beneficiadas no município.

“Ao arrombarem aquele espaço, não levaram apenas computadores e outros equipamentos, esqueceram que o ambiente é um instrumento de cadastramento e recadastramento, coleta de dados e informações com o objetivo de identificar todas as famílias de baixa renda existente no município”, disse Luzanita Monteiro, Gestora do Bolsa Família, ao site Timbaúba Agora.

A Secretária de Assistência Social e Cidadania, Vânia Lúcia Barreto, informou que não medirá esforços para solucionar o incidente ainda esta semana e o atendimento ao público será restabelecido no máximo até a próxima segunda-feira (08).

LEIA TAMBÉM: Em Timbaúba, homens agridem servidor público e danificam patrimônio do município, diz PM

ALGUMAS IMAGENS DOS ESTRAGOS PROVOCADO PELOS VÂNDULOS
(Para visualizar melhor cliquem sobre a foto desejada)

Comentários

Outras notícias