Black Friday Ubannet

27/07/2018 às 06h56m - Atualizado em 27/07/2018 às 08h41m

Justiça condena pai por torturar filha com mangueira e vinagre na Paraíba

O caso foi julgado na Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba

justica_-_tribunal_-_juiz

Foi divulgada nesta quinta-feira (26) a condenação de um homem suspeito de torturar a própria filha de 5 anos com mangueira e vinagre. Ele foi condenado a dois anos e 11 meses de reclusão. O crime aconteceu em outubro de 2014 e o caso foi julgado na Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba.

De acordo com o depoimento da criança, o pai teria recebido um bilhete da professora dizendo que ela não estava fazendo as tarefas escolares. Por conta disso o pai começou a dar 'chicotadas' utilizando uma mangueira. Consta nos autos ainda a informações de que, após a surra, ele tirou a camiseta da criança e jogou uma mistura de água gelada e vinagre. Depois disso a criança teria sido obrigada a limpar o local e ir dormir sem se alimentar.

De acordo com o relator do processo, a ação se enquadra no crime de tortura, por envolver submissão, violência e ameaça. O homem confessou o crime e pediu para que fosse classificado como maus tratos. No entanto, o desembargador Arnóbio Alves Teodósio, relator no processo, disse que a conduta do réu não visava apenas disciplinar a filha, mas impor a ela intenso sofrimento físico.

Do Portal T5

Comentários

Outras notícias