Black Friday Ubannet

21/07/2018 às 14h48m - Atualizado em 21/07/2018 às 17h34m

Paciente acusado de cometer homicídios em Macaparana é preso pela polícia em hospital da Região Metropolitana do Recife

Ele sofreu um acidente e precisou receber atendimento no Hospital Dom Helder Câmara, no Cabo de Santo Agostinho, quando foi identificado pela equipe

paletaDo JC Online

Um paciente recebeu ordem de prisão, nesta sexta-feira (20), enquanto estava recebendo atendimento médico no Hospital Dom Helder Câmara, no Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife. O homem já havia sendo procurado pela polícia, acusado de cometer três homicídios e ainda é investigado por ser autor de outros. Ele também responde por roubos.

Josiclaudio Severino da Silva, conhecido como Paleta, atuava na região de Macaparana, na Zona da Mata Norte de Pernambuco. A equipe de Polícia Civil, coordenada pelo delegado André Beltrão, encontrou o rapaz logo depois de receber a denúncia de que um indivíduo, com as características do procurado, tinha dado entrada em um hospital de Trauma, após um acidente de moto, com grave ferimento no pé.

Paleta forneceu nome e documentos falsos no hospital, para não ser identificado, o que aumentou o trabalho de busca dos investigadores, que tiveram que fazer a varredura em todos os hospital de trauma da região até encontrá-lo. De acordo com os médicos da unidade de saúde, ele receberia alta nesta sexta-feira (20).

O acusado será encaminhado para o traumatológico e seguirá para a Cadeia Pública de Macaparana, onde responderá à Justiça pelos crimes cometidos.

Crimes cometidos

Paleta é responsável por praticar homicídio qualificado contra Jaqueline Carlos Teixeira, em 2014; tentativa de homicídio contra João Feliciano da Silva e Marcio da Silva (Márcio do Milho) também em 2014.

Ele também responde por roubo majorado contra Orlando Barbosa, Junior José e Edvan Bezerra, em 2008, 2014 e 2015, respectivamente.

De acordo com a Polícia Civil, ele ainda é o principal suspeito de praticar mais quatro homicídios e diversos roubos, que estão sendo apurados em inquéritos.

Comentários

Outras notícias