Black Friday Ubannet

19/07/2018 às 20h30m - Atualizado em 19/07/2018 às 20h33m

Suspeito de cometer 7 homicídios em Pernambuco só este ano é preso na Paraíba

Saulo Tassio dos Santos Silva teria sido o autor de um triplo homicídio que deixou três mulheres mortas, incluindo uma grávida

feminicidio-mulher-homicidio

A Polícia Civil apresentou na manhã desta quinta-feira, os detalhes da prisão de um homem suspeito de cometer sete homicídios em Pernambuco somente em 2018. Entre os crimes associados a ele, está um triplo homicídio registrado no bairro do Bom Sucesso, em Olinda, no dia 23 de janeiro deste ano.

As vítimas foram três mulheres. Saulo Tassio dos Santos Silva, conhecido como Saulinho, foi preso na cidade de Baiê, na Paraíba. O gestor da Divisão Norte do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), delegado João Cavalcanti Leonardo, conta como a polícia conseguiu chegar até o suspeito. "Após o triplo homicídio ocorrido no dia 23  de janeiro no bairro do Bom Sucesso, em Olinda, onde três mulheres foram assassinadas brutalmente por Saulinho e mais outras três pessoas, nós começamos a investigação, produzimos uma farta prova e mandamos  no inquérito para a Justiça", disse. "Saulinho e os demais foram denunciados e conseguimos um mandado de prisão preventiva. A partir daí, começamos a colocá-lo como o 01 da Divisão de Homicídios Norte para efetuarmos a sua prisão", completou. 

O delegado também informou que o suspeito era o braço direito de um grupo criminoso com atuação em Pernambuco.

Relembre o triplo

As quatro vítimas, com mais cinco crianças, estavam numa casa alugada há cerca de 15 dias na Rua Dom Bonifácio Jansem, no bairro do Monte, quando quatro homens armados e encapuzados chegaram no local em busca de um homem na manhã do dia 23 de janeiro, em Olinda. O rapaz procurado não estava na residência, então os suspeitos atiraram nas mulheres. Duas mulheres, uma delas grávida, morreram na hora e outras duas ficaram gravemente feridas. 

Uma das vítimas, Ângela Maria da Conceição Gomes, 48 anos, morreu na cozinha do imóvel e o Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para recolher o corpo por volta das 13h. As outras três foram socorridas e encaminhadas para o Hospital do Tricentenário, em Bairro Novo, também em Olinda.

Ao chegar na unidade de saúde, Natali dos Santos Silva, 18 anos, que estava grávida, morreu após receber atendimento médico. Ela deu entrada no hospital com um tiro na cabeça e perfurações nos membros inferiores.

As outras duas mulheres tiveram que ser levadas para o Hospital da Restauração, no bairro do Derby, área central do Recife. Uma delas, Rejane Gomes da Silva, de 15 anos, levou cinco tiros no tórax e um no braço. A garota morreu um dia depois, após passar por cirurgia. A quarta vítima, Stefany Carlos da Silva, de 23 anos, passou por cirurgia no mesmo hospital e sobreviveu.

As primeiras informações repassadas pela Polícia Militar apontam que as vítimas eram traficantes de drogas que atuavam no bairro de Santo Amaro, no Recife. O crime contra elas seria uma retaliação por causa da saída das mesmas da comunidade.

Do site da Rádio Jornal

Comentários

Outras notícias