Black Friday Ubannet

12/07/2019 às 13h01m - Atualizado em 12/07/2019 às 13h15m

Prefeito de Timbaúba, Ulisses Felinto, se reúne com representantes da Adagro e CPRH com a intenção de encontrar soluções para abertura do Abatedouro Municipal

O chefe do Poder Executivo se manifestou sobre o caso nas redes sociais. 'Estou tentando resolver a situação o mais rápido possível para que dezenas de cidadãos permaneçam com seus empregos'.

matadouro-ulisses_adagro_cprh

O prefeito de Timbaúba, Ulisses Felinto, se manifestou através das redes sociais sobre a interdição do Abatedouro Municipal nesta semana.

O chefe do Poder Executivo informou que participou de uma reunião nesta quinta-feira (11), com representantes da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro) e da Agência Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (CPRH), no Recife, com a intenção de encontrar soluções o mais rápido possível para que o local de abate de animais volte a funcionar.

matadouro-ulisses-adagro-cprh

A abertura do Abatedouro Municipal irá garantir o emprego de dezenas de cidadãos timbaubenses e evitar que o abate dos animais seja transferido para outro município.

Leia na íntegra, o pronunciamento do prefeito Ulisses Felinto sobre a interdição do Abatedouro Municipal

Timbaubenses, venho esclarecer sobre a interdição temporária do Abatedouro esta semana. Informo que estou tentando resolver essa situação o mais rápido possível para que dezenas de cidadãos permaneçam com seus empregos. Ontem, me reuni com membros da ADAGRO e CPRH para encontrar soluções para que aquele local de abate de animais continue aberto. Na tentativa de evitar a interdição, nos últimos meses foram realizadas melhorias e a regularização das condições sanitárias e ambientais. O descaso no local por parte das gestões anteriores é tão grande que requer um tempo para ser resolvido, por isso o motivo da interdição temporária para novas inspeções. Esse problema vem se arrastando desde 2011, e os dois últimos gestores foram notificados várias vezes para que as adequações necessárias fossem feitas no local, mas cruzaram os braços. Podem ficar tranquilos, vou lutar para que esse patrimônio do povo continue funcionando!

Comentários

Outras notícias