Black Friday Ubannet

12/07/2017 às 15h35m - Atualizado em 12/07/2017 às 15h37m

Elias Gomes cobra comando do PSDB em Pernambuco e diz que lideranças não estão cumprindo o acordo

Elias Gomes cobrou o cumprimento do acordo sobre a troca de comando da sigla no Estado e prometeu reagir à altura, diante de um possível veto ao seu nome para presidir o partido.

elias_gomes

O clima de acirramento continua entre as principais lideranças do PSDB pernambuano. Quase uma semana após o deputado Betinho Gomes (PSDB) criticar o rumo do partido no Estado, agora foi a vez do ex-prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes, disparar contra correligionários. Ontem, Gomes cobrou o cumprimento do acordo sobre a troca de comando da sigla no Estado e prometeu reagir à altura, diante de um possível veto ao seu nome para presidir o partido. 

antonio_moraes"Considero que o acordo que foi proposto e avalizado pelo ministro Bruno Araújo é uma questão de honra. Eu abri mão de assumir a presidência no ano passado num gesto de grandeza, despreendimento, porque me foi proposto que o Antônio (Moraes) já estaria tocando as eleições municipais, e que a troca de comando naquele momento poderia ter problema de solução de continuidade", explicou o tucano afirmando que concordou sobre a condição de assumir o partido no biênio 2017/2018, o que ainda não foi sacramentado. Ele critica um suposto movimento de procrastinação ao seu desembarque na presidência do partido. 

Após participar de alguns encontros com o ministro Bruno Araújo (PSDB) e o mesmo abalizar o seu ingresso no comando, mas sem um desfecho oficial, Gomes ressaltou que o cumprimento do acordo "é uma questão sine qua non para o diálogo". Ressentido, diz que o partido não existe só com líderes e defende o diálogo com a militância. 

Juventude

Diante do impasse, a juventude do PSDB se reúne, hoje, para tratar o cumprimento do acordo sobre a sucessão na Executiva do PSDB-PE. "A juventude se sente muito a margem das discussões do PSDB no estado. Fomos induzidos a votar em um acordo e temos que ter esclarecimentos porque ele não foi cumprido”, disse Caio Lessa, presidente da juventude do partido em Pernambuco.

Com informações de Anderson Bandeira/Blog da Folha
Foto: André Nery

Comentários

Outras notícias