Black Friday Ubannet

09/07/2017 às 10h53m - Atualizado em 09/07/2017 às 11h07m

Adolescente se finge de morto para não ser assassinado em João Pessoa

Suspeitos ainda seguiram a vítima até o hospital para perguntar se ele realmente estava morto, quando a polícia foi chamada.

pm_pb

Um adolescente se fingiu de morto para não ser assassinado, no bairro Cruz das Armas, em João Pessoa, na noite da sexta-feira (7). De acordo com a Polícia Militar da Paraíba, o adolescente foi espancado em casa por pessoas que o chamaram na porta.

Ele foi socorrido pela família para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro, mas foram seguidos por um carro. Ao chegar na UPA, as pessoas que estavam no carro, desceram e perguntaram aos médicos se o adolescente estava morto.

Nessa hora a polícia foi chamada mas, quando uma viatura chegou ao local, o carro já tinha ido embora.

Segundo o sargento Evangelista da Polícia Militar, algumas pessoas chegaram na porta do adolescente e o chamaram. Assim que ele abriu a porta, “já chegaram espancando. Ele se fez de morto e os homens foram embora”, disse.

Ainda conforme o sargento, o adolescente foi transferido da UPA para o Hospital de Trauma de João Pessoa porque ele está com suspeita de traumatismo craniano. “Segundo ele [o adolescente] me passou, ele não conhece quem bateu nele”, informa o sargento Evangelista.

Do G1 PB

Comentários

Outras notícias