Black Friday Ubannet

07/07/2017 às 11h53m

Sport vence o argentino Arsenal por 2x0 e abre boa vantagem na Sul-Americana

André anotou os dois gols rubro-negros na partida e chegou ao seu 13º na temporada. O jogo da volta, que será no dia 27 deste mês.

futebol_sport_na_ilha_do_retiro

Uma vitória com autoridade, que ratifica o ótimo momento do Sport, embalado por cinco jogos de invencibilidade (quatro vitórias). Com dois gols de André, o Leão venceu o argentino Arsenal por 2x0, nesta quinta-feira (6), na Ilha do Retiro, pelo jogo de ida da segunda fase da Copa Sul-Americana. E até merecia uma goleada, diante de um adversário que, principalmente no primeiro tempo, imprimiu uma marcação forte, ora descambando para a violência.

Como não sofreu gol como mandante, o time rubro-negro leva uma boa vantagem para o jogo da volta, que será no dia 27 deste mês. Antes, na próxima segunda-feira, o Sport enfrenta o Coritiba, fora de casa, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O JOGO
Mais do que fazer uma boa partida, os rubro-negros precisaram de muita paciência para superar os argentinos. Além, claro, da raça que mais uma vez foi demonstrada pelo time leonino. No primeiro tempo, o Arsenal abdicou de jogar para se defender na base da violência. Com poucos minutos de bola rolando lesionaram o volante Patrick, que teve que deixar o campo mais cedo.

Grande destaque do jogo, Everton Felipe foi outro alvo constante dos argentinos. Mesmo punindo com cartão amarelo quatro jogadores adversários somente na etapa inicial, o árbitro boliviano deixou a desejar na parte disciplinar e foi conivente com a postura do rival. Apesar do cenário, o time rubro-negro buscou o ataque a todo tempo e merecia ir para o intervalo com a vantagem no placar.

Foi uma enxurrada de chances de gol. Duas delas, especificamente, o goleiro fez milagre. A primeira com Rithely, à queimar roupa, depois num chute venenoso de André, de fora da área. No segundo tempo, os leoninos mostraram novamente que estão com o preparo físico em dia. Com o mesmo ímpeto ofensivo, o time chegou ao primeiro gol com André, aos nove minutos.

Aos 27, a entrega da equipe foi recompensada de novo. Num belíssimo cruzamento de Mena, André cabeceou para o fundo das redes e marcou o seu segundo gol na partida. O detalhe é que o lateral chileno, recém-chegado da Seleção Chilena e atuando como um ponta esquerda, havia entrado em campo há poucos minutos. Já com outra postura, atrás do placar, os argentinos davam mais espaço, e o time rubro-negro seguiu chegando bastante ao ataque, até o apito final do árbitro.

Comentários

Outras notícias