05/07/2017 às 22h29m

Petrolina, no Sertão de Pernambuco, registra menor temperatura do ano

Cidades do Sertão e do Agreste pernambucano sofrem com as baixas temperaturas no mês de julho; campanhas do agasalho estão sendo realizadas

 petrolina-pe

Conhecidamente, o mês de julho é o que registra temperaturas mais frias em todo o estado de Pernambuco, mas os termômetros em algumas das principais cidades e a sensação térmica já estão preocupando os moradores. Tanto no Agreste como no Sertão, menos de 20ºC foram registrados na madrugada desta quarta-feira (4). Em Petrolina, a variação térmica impressiona, e na manhã de hoje 16ºC foram relatados na Zona Rural da cidade.

Nessa terça-feira (3), em Triunfo, também no Sertão pernambucano, a Apac confirmou os relatos de 14ºC dos moradores da cidade durante a madrugada.

Garanhuns

Na Suíça Pernambucana, há dois meses chuvas incessantes são relatadas, e a previsão é que esse estado se estenda até o final deste mês. Os termômetros acusaram 12ºC nesta noite, e campanhas estão sendo realizadas na cidade para arrecadar agasalhos para as famílias carentes.

Petrolina

No Sertão, a variação térmica impressiona. Nesta madrugada, 18ºC foram registrados em Petrolina, e 16ºC na Zona Rural da cidade, e a previsão para o decorrer da manhã é de máxima de 26ºC. A sensação de frio foi intensificada pelos ventos.

Ventos fortes

Em entrevista concedida ao comunicador Geraldo Freire na Super Manhã, o gerente da Apac, Patrice Oliveira, confirmou que os fortes ventos registrados se dão por conta da "Alta do Atlântico Sul", fenômeno que promove uma ventania intensa na costa brasileira, da Bahia até o Rio Grande do Norte.

Do site da Rádio Jornal

Comentários

Outras notícias