Black Friday Ubannet

05/07/2017 às 00h47m

Em Alagoas, Justiça Eleitoral cassa mandato de prefeito e vice por abuso de poder econômico nas Eleições de 2016

Coligação de Flávio Almeida e Clayton Farias disse que vai recorrer da decisão que foi motivada por indução de erros dos adversários políticos.

A Justiça Eleitoral cassou, nesta terça-feira (04), o mandato do prefeito de Pão de Açúcar, Flávio Almeida (PMDB) e do vice-prefeito Clayton Farias (PSL), da coligação ‘Pra mudar Pão de Açúcar’, por abuso de poder econômico nas Eleições de 2016. A sentença de primeira instância, da qual ainda cabe recurso, também considerou a inelegibilidade dos eleitos por 8 anos.

Na ocasião, o juiz Edivaldo Landeosi considerou a denúncia que aponta que o prefeito e o vice fizeram uso de uma ONG que prestava serviço para comunidade com intenções eleitorais.

Apesar da decisão judicial, que será publicada no Diário da Justiça desta quarta-feira (05), prefeito e vice podem recorrer da cassação sem deixarem os cargos.

Em nota encaminhada à imprensa a coligação ‘Pra mudar Pão de Açúcar’ informou que vai recorrer da decisão judicial e que a Justiça Eleitoral foi induzida ao erro de adversários políticos. Veja abaixo a noita na íntegra:

“A Coligação PRA MUDAR PÃO DE AÇÚCAR informa que vai recorrer da decisão judicial eleitoral, anunciada nesta terça-feira, 04 de julho. Claramente, a Justiça Eleitoral foi levada ao erro por pessoas ligadas ao grupo de oposição, que não se conforma com a vitória arrasadora e que não aceitam as boas ações já implementadas na educação, na saúde e nas demais áreas do município no primeiro semestre da administração de Flavinho Almeida. É importante esclarecer que a gestão atual continua, como determina a lei, e que a Coligação confia que esta decisão será modificada no Tribunal Regional Eleitoral..

Com informação do G1 AL

Comentários

Outras notícias