29/06/2017 às 10h38m - Atualizado em 29/06/2017 às 11h38m

Novo Plenário da Assembleia Legislativa homenageia Eduardo Campos

O Presidente da Alepe, Guilherme Uchoa assumiu a ideia da homenagem e ressaltou a trajetória do ex-governador.

alepe

A Assembleia Legislativa aprovou, nesta quarta (28), a denominação de “Governador Eduardo Campos” para o novo Plenário da Casa, que funcionará no Edifício Miguel Arraes de Alencar. O prédio será inaugurado nesta quinta (29), quando haverá, também, a última Reunião Plenária no Museu Palácio Joaquim Nabuco, que há 142 anos sedia as atividades do Poder Legislativo Estadual.

A aprovação, em Plenário, deu-se por meio do Projeto de Resolução nº 1393/2017, da Mesa Diretora. Durante a discussão da proposta, o presidente da Alepe, deputado Guilherme Uchoa (PDT), assumiu a autoria da homenagem e ressaltou a “atuação muito forte” de Eduardo Campos no Poder Legislativo Estadual, entre 1991 e 1994, e sua gestão à frente do Governo do Estado, de 2007 a 2014. O parlamentar frisou que o imóvel histórico da Assembleia, na Rua da Aurora (região central do Recife), continuará a se chamar Palácio Joaquim Nabuco e funcionará como museu, após reforma.

Aqui, eu fiz oposição radical à gestão de Arraes. Mas reconheço o trabalho que Eduardo Campos fez no Governo de Pernambuco. Hoje temos hospitais regionais, UPAs (Unidades de Pronto Atendimento), escolas técnicas, sistema de integração de ônibus, escolas de tempo integral. Tenho um orgulho muito grande de ter acompanhado essa gestão e de ter sido amigo pessoal do ex-governador”, expressou.

O pronunciamento do presidente da Alepe foi feito depois que os deputados Teresa Leitão (PT) e Edilson Silva (PSOL) manifestaram ressalvas à homenagem. Somente eles registraram voto contrário à proposta, durante a Discussão Única da matéria.

Comentários

Outras notícias