Black Friday Ubannet

29/06/2016 às 08h54m

Náutico vence Luverdense por 1x0 no retorno à Arena

Com a vitória, Timbu subiu na tabela e se aproximou do G4 da Série B

Luverdense surpreendeu, adiantando as linhas de marcação e dando poucos espaços para o Timbu sair jogando (As informaçõe são da Folha de Pernambuco)

O reencontro do Náutico com a Arena Pernambuco foi como se esperava: com vitória. Suada, é bem verdade, mas importante para reposicionar o time na parte de cima da classificação da Série B do Campeonato Brasileiro.

O Timbu derrotou o Luverdense/MT por 1x0, com gol contra do zagueiro Wallace, e subiu para a 5ª colocação com 21 pontos, a um do CRB, que está no 4ª lugar.

Na próxima rodada, o Alvirrubro tem um confronto direto pelo G4. No sábado (2), às 16h, enfrenta o vice-líder Atlético/GO, no Serra Dourada, em Goiânia. Já o Verdão caiu para a 8ª posição com 20 pontos e receberá o Oeste, no mesmo dia e horário, no Estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde.

Outra vez com vários desfalques, Gallo surpreendeu ao escalar o time com Gastón e Renan Oliveira como volantes. Mas a surpresa maior foi a postura do Luverdense adiantando as linhas de marcação e dando poucos espaços para o Timbu sair jogando. Apesar de estar melhor em campo até os 30 minutos, a equipe visitante não traduziu em oportunidades criadas.

O Náutico cresceu de rendimento, mas longe de fazer um bom jogo. Ainda assim, abriu o placar aos 38. Sérgio Mota tocou errado para trás e Tiago Adan recebeu livre para arrancar em direção a grande área. O atacante perdeu o ângulo de finalizar, tocou de lado e o zagueiro Wallace mandou para as redes marcando o gol contra.

Insatisfeito com o desempenho alvirrubro, Alexandre Gallo mudou logo no intervalo: Ygor entrou no lugar de Mateus Muller. Com menos de 15 minutos, Hugo substituiu Tiago Adan. Com esta formação, o Náutico voltou a lembrar a equipe que começou bem a Série B do Campeonato Brasileiro. Marcação forte no campo de ataque, criatividade no meio-campo e finalizações ao gol. O problema é que a bola teimou em não entrar. Bergson, Hugo e Rony perderam pelo menos duas oportunidades cada.

Sem conseguir ampliar a vantagem, o confronto ficou perigoso. O Luverdense se lançou ao campo ofensivo e ameaçou a defesa dos donos da casa. Júlio César voltou a salvar o Timbu. A dupla de defesa formada por Rafael Pereira e Eduardo também ajudou a evitar o empate dos mato-grossenses. No final da partida, o treinador do Timbu acionou João Ananias no lugar de Jefferson Nem. O volante foi bastante aplaudido em seu retorno após sete meses se recuperando de uma cirurgia no joelho e contribuiu para manter a vitória por 1x0.

Ficha do jogo

Náutico 1
Júlio César; Joazi, Rafael Pereira, Eduardo e Mateus Muller (Ygor); Gastón, Renan Oliveira e Bergson; Rony, Tiago Adan (Hugo) e Jefferson Nem (João Ananias). Técnico: Alexandre Gallo.

Luverdense/MT 0
Gabriel Leite; Raul Prata, Wallace, Everton e Marlon; Kazú (Erik), Ricardo, Sérgio Mota (Romarinho) e Da Mata; Hugo (Tozin) e Rafael Silva. Técnico: Júnior Rocha.

Local: Arena Pernambuco

Árbitro: Aliesson Sidnei Furtado (TO)
Assistentes: Natal da Silva Ramos Júnior (TO) e José Maria de Lucena Netto (PB)
Gols: Wallace (contra aos 38 do 1ºT)
Cartões amarelos: Erik (Luverdense)
Público: 3.274
Renda: R$ 44.085

Comentários

Outras notícias