GB Bateiras

28/06/2017 às 10h05m - Atualizado em 28/06/2017 às 11h55m

Salgueiro e Sport, finalmente, decidem o Pernambucano 2017

Se o time do Recife vencer chegará ao 41º título. O Carcará luta pelo ineditismo, pois de 1915 até hoje, nenhum time de fora da Capital foi campeão.

sport_x_salgueiro

Foto: Internet/Reprodução

Cinquenta e dois dias depois do primeiro round, Salgueiro e Sport finalmente decidirão quem é o campeão pernambucano de 2017 a partir das 21h45 desta quarta-feira (28), no Cornélio de Barros, em Salgueiro. A taça será erguida pela primeira vez no interior de Pernambuco e o confronto está rigorosamente igual após o 1×1 no primeiro jogo, na Ilha do Retiro. Como não há gol qualificado, qualquer empate leva a decisão para os pênaltis. Se o time do Recife vencer chegará ao 41º título. O Carcará luta pelo ineditismo, pois de 1915 até hoje, nenhum time de fora da Capital foi campeão.

SEM O CRAQUE
A data do segundo jogo empurrada para a frente fez o Salgueiro perder seu melhor jogador. O meia Valdeir teve o contrato encerrado no dia em maio. Chegou a ser feito um aditivo, mas o Desportivo Ave, de Portugal, exigiu sua apresentação mais cedo. Sem ele, Dadá Belmonte e Jean Carlos, que empatou o primeiro jogo ao cobrar a penalidade no último minuto, disputam a vaga.

TRÊS FORA
Do outro lado, Vanderlei Luxemburgo terá três desfalques. O lateral-esquerdo Sander, o volante Patrick e o atacante Osvaldo, todos titulares, não podem entrar em campo porque foram contratados após o período de inscrições. O lado esquerdo pode ter a adaptação do lateral-direito Raul Prata. No meio, Rodrigo é o mais provável substituto de Patrick e no ataque, Everton Felipe e Rogério, este recuperado de contusão, disputam uma vaga.

MOMENTO DO CARCARÁ
A expectativa de quando seria o segundo jogo decisivo levou o Salgueiro ao velho problema do foco, além de poupar alguns jogadores em determinadas partidas da Série C do Brasileirão. O preço é a lanterna do grupo A da Série C com cinco pontos.

MOMENTO DO LEÃO
O Sport chega ao sertão em seu melhor fase no Brasileirão quando conseguiu mudar o ambiente em apenas uma semana. No dia 18 de junho perdeu para o Vitória por 3×1 na Ilha e completou dois jogos em casa com apenas um ponto – havia empatado por 0x0. Saiu para um giro contra Atlético Mineiro e Santos longe do Recife. Empatou com o Galo e venceu o Peixe, feito que nunca havia conseguido. De quebra, saiu da zona de rebaixamento.

FICHA DO JOGO – SALGUEIRO X SPORT

Salgueiro: Mondragon; Marcos Tamandaré, Luiz Eduardo, Ranieri e Daniel; Rodolfo Potiguar, Moreilândia e Toty; Dadá Belmonte (Jean Carlos), William Lira e Álvaro. Técnico: Evandro Guimarães.

Sport: Magrão; Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Henríquez e Raul Prata; Rodrigo, Rithely e Diego Souza; Lenis, André e Rogério (Everton Felipe). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Local: Cornélio de Barros. Horário: 21h45. Árbitro: Wilton Pereira Sampaio. Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Carvalho Van Gasse, todos de Goiás.

 Com informações do Blog do Torcedor

Comentários

Outras notícias