Black Friday Ubannet

28/06/2015 às 13h02m - Atualizado em 29/06/2015 às 13h39m

Sport cede empate no fim e liderança fica ameaçada

Leão empatou por 1x1 com a Chapecoense e segue no topo, mas pode ser passado pelo São Paulo

Apesar de se manterem no topo, os rubro-negros podem ser ultrapassados pelo São Paulo, que tem 17 pontos, no complemento da rodada / Foto: Chapecoense/Divulgação

Apesar de se manterem no topo, os rubro-negros podem ser ultrapassados pelo São Paulo, que tem 17 pontos, no complemento da rodada

O Sport esteve perto de vencer a Chapecoense na Arena Condá, neste sábado (27), pela 9ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. No entanto, o Leão, que vencia por 1x0 desde os 28 minutos do primeiro tempo, se retraiu demais em campo, chamando o adversário. A retranca acabou sendo furada aos 43 do segundo, quando os donos da casa marcaram após falha da defesa em bola alçada na área. O resultado de 1x1 ainda deixa o time invicto e líder da competição, agora com 19 pontos, mas os rubro-negros podem ser ultrapassados pelo São Paulo, que tem 17 pontos, no complemento da rodada. neste domingo (28), o tricolor paulista encara o Palmeiras, na casa do rival.

O próximo desafio do Sport é contra o Internacional, na Ilha do Retiro, quarta-feira (1º/7). Outro ponto negativo deste sábado é que o volante Wendel e o meia Diego Souza receberam o terceiro cartão amarelo e não poderão atuar contra o Colorado.

A PARTIDA
O Sport começou a partida dominando completamente as ações. Nos primeiros vinte minutos, ditou o ritmo do jogo. A equipe entrou mais ofensiva que o normal, com a entrada do atacante Marlone no lugar do volante Neto Moura. A Chapecoense atacava, mas abusava dos cruzamentos – a maioria rechaçada pela defesa leonina, tanto que os anfitriões tiveram 12 escanteios só na primeira etapa.
O Leão perdeu boa chance aos 21, quando Marlone fez bela jogada pela esquerda e tocou pra André, que tentou mandar no canto, mas bola foi para fora. Já aos 28, o Leão conseguiu abrir o placar. Diego Souza bateu falta na medida para Rithely cabecear e fazer 1x0. Já a partir daí, o time rubro-negro passou a se fechar mais, trazendo a Chapecoense para cima. Os donos da casa, no entanto, não conseguiram finalizar com qualidade.

Na segunda etapa, o Sport teve a chance de fazer o segundo aos 7 minutos. Em contra-ataque rápido, Maikon Leite deu belo passe para Marlone entrar sozinho na área. O atacante, no entanto, não conseguiu chutar bem e o goleiro Danilo fez a defesa.

Tirando esse lance, o Leão não conseguiu mais encaixar bons contra-ataques. E a Chapecoense se manteve em cima. O time alviverde perdeu boa chance com Edmilson, aos 18, quando ele chutou por cima, dentro da pequena área. Mais para a frente, o atacante Bruno Rangel entrou no lugar do companheiro e acabou sendo decisivo. Aos 43, em bola alçada na área rubro-negra, a defesa não conseguiu cortar e ela sobrou para o atacante fuzilar a meta de Danilo Fernandes.


Do JC Online
Foto: Chapecoense/Divulgação

Comentários

Outras notícias