GB Bateiras

22/06/2014 às 08h41m

Mais de 80 pessoas passam mal após comerem alimentos estragados na Arena PE

Apevisa realizou inspeção em oito alimentos e quatro deles apresentaram índices de contaminação

Comida estragada foi servida a torcedores e trabalhadores na partida entre Costa do Rica e Itália na Arena Pernambuco na última sexta-feira (20). De acordo com o Governo do Estado, 82 pessoas foram socorridas após o consumo desses alimentos. No total, foram realizados atendimentos, na Intra Arena, em 42 torcedores, em 36 trabalhadores e em quatro pessoas do staff FIFA. Seis dos trabalhadores apresentaram sinais de diarreia.

Na cozinha central da Arena, equipes da Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa) realizaram inspeção em oito alimentos. Quatro desses apresentaram índices de contaminação e, por isso, foram considerados impróprios para o consumo.

“Vinte quatro horas antes do jogo, quando é separada a alimentação, a Apevisa coleta amostras e encaminha para os laboratórios. A Apevisa procedeu a interdição cautelar desses alimentos, que totalizou 330 quilos, entre feijão, farofa, salada e pudim. Após isso, notificou a FIFA, a Apevisa também notificou a Anvisa porque o distribuidor é de Campinas”, pontuou a secretária executiva de saúde, Ivete Buril.

As informações são da Folha de Pernambuco

Comentários

Outras notícias