Black Friday Ubannet

16/06/2016 às 07h35m

Sport sucumbe diante do Santos e amarga vice-lanterna

Rubro-negros são batidos pelo Santos, por 2 a 0, na Vila Belmiro, com gols de Gabigol e Vitor Bueno

Após escapar de uma enxurrada de chances criadas pelo Santos no primeiro tempo, o Sport foi castigado na etapa complementar e sucumbiu diante do Peixe, por 2 a 0, na noite desta quarta-feira (15), na Vila Belmiro, em São Paulo. Os gols da partida, que valeu pela 8ª rodada da Série A 2016, foram marcados por Gabigol e Vitor Bueno. Agora, o Leão permanece na vice-lanterna, com cinco pontos, mesma pontuação do último colocado, o América-MG – os rubro-negros levam vantagem no saldo de gols, pois marcaram um a mais.

O primeiro tempo da partida foi todo do Santos. A equipe da casa jogou solta, tocando com velocidade e avançando com facilidade. Nas investidas Joel e Gabigol foram os principais a se revezar nas chances claras de gol criadas. O Sport só não desceu para o intervalo na desvantagem por conta da falta de pontaria dos alvinegros e pela participação eficiente de Magrão.

Na dianteira do Leão, poucas jogadas trabalhadas. Somente em momentos esporádicos, em tentativas de passes longos de Diego Souza. Nos raros avanços, os visitantes eram rapidamente desarmados pelos defensores do Peixe. O saldo, portanto, foi dos mais positivos para o time recifense, que foi massacrado pelo volume de jogo santista, mas saiu ‘intacto’ para os vestiários.

Ao ser reiniciado o duelo, o Sport voltou com nova postura. Apesar de não expor uma articulação ofensiva envolvente, a recorrência da fragilidade na contenção diminuiu, e o time leonino conseguiu sair um pouco do campo de defesa. Entretanto, aos 20 minutos, a inegável superioridade santista - levando-se em conta o panorama geral da partida - foi recompensada. Após cruzamento de Lucas Lima, o atacante Gabigol, bem posicionado, completou para o fundo das redes de Magrão.

No restante da etapa complementar, a configuração do confronto pouco mudou. Com movimentação intensa – porém pouco eficiente – de Everton Felipe e lampejos de oportunismo de Edmílson, o Sport chegou a assustar em lances pontuais. Mas as rédeas da partida continuaram com o Santos, que ainda marcou mais um gol, aos 42 minutos, com Vitor Bueno.

FICHA DO JOGO

SANTOS

Vanderlei; Victor Ferraz, Gustavo Henrique, Luiz Felipe e Caju (Yuri); Thiago Maia, Renato, Léo Cittadini (Paulinho) e Vitor Bueno; Joel (Lucas Lima) e Gabigol. Técnico: Dorival Júnior.

SPORT

Magrão; Samuel Xavier, Oswaldo, Durval e Renê; Rithely, Luiz Antônio (Rodrigo Mancha), Everton Felipe, Diego Souza e Gabriel Xavier (Clayton); Edmílson (Lenis). Técnico: Oswaldo de Oliveira.

Data: 15/06/2016

Local: Vila Belmiro (SP).

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS).

Assistentes: Lucio Beiersdorf Flor (RS) e Fabiano da Silva Ramires (ES).

Gols: Gabigol, aos 20 minutos do 2º tempo, e Vitor Bueno, aos 42 minutos do 2º tempo (Santos).

Cartões amarelos: Gustavo Henrique (Santos); Edmílson, Luiz Antônio e Oswaldo (Sport).

Comentários

Outras notícias