Black Friday Ubannet

12/06/2019 às 21h35m - Atualizado em 13/06/2019 às 15h05m

Polícia investiga denúncia de estupro contra menor em hospital psiquiátrico de João Pessoa

De acordo com o laudo, emitido pelo Instituto de Polícia Científica, houve conjunção carnal

policia_civil

A polícia vai apurar a denúncia de um suposto caso de abuso sexual que teria ocorrido no Complexo Psiquiátrico Juliano Moreira, no bairro da Torre, em João Pessoa. De acordo com a mãe da paciente, o abuso teria acontecido em novembro do ano passado.

A mãe da adolescente de 15 anos contou ainda que o abuso teria sido praticado por um outro paciente, que também é adolescente. Ela afirma que a filha narrou que o abuso teria acontecido em outra ocasião e por uma outra pessoa.

A adolescente foi encaminhada para fazer exames no Instituto de Polícia Científica (IPC), no bairro do Cristo Redentor. De acordo com o laudo, emitido pela perita Maria do Carmo Azevedo, houve conjunção carnal.

Após o exame, a mulher procurou a delegacia do município do Conde, onde mora com a filha, do dia 3 de dezembro do ano passado. A denúncia está sendo investigada pela delegacia da Infância e da Juventude.

De acordo com o delegado Gustavo Carletto, responsável pelo inquérito, o caso corre em segredo de Justiça. O Hospital Psiquiátrico Juliano Moreira disse ter recebido com surpresa notícia do suposto estupro acontecido em novembro do ano passado dentro da unidade, e que à época dos fatos tomou conhecimento que a mãe da suposta vítima teria um relacionamento com um menor que também estaria interno na unidade.

O hospital relatou ainda que os alojamentos masculino e feminino são separados e que há uma vigilância constante, com 24 horas, e que vai abrir uma sindicância para apurar o caso. A direção disse que até o momento nenhum órgão policial procurou a para investigar a denúncia.

Do Portal T5

Comentários

Outras notícias