09/06/2014 às 06h06m

Após passar 8 dias desaparecido, poeta pernambucano é encontrado morto no Pará

Manoel Monteiro era membro da Academia Brasileira de Literatura e Cordel

O poeta e cordelista pernambucano Manoel Monteiro, 77 anos, que estava desaparecido desde o dia 30 de maio, foi encontrado morto nesse sábado (7), em um quarto de hotel em Belém, no Pará. A causa da morte ainda não foi divulgada.

O artista teria desaparecido depois de chegar ao Terminal Integrado de Passageiros (TIP) em um transporte alternativo. A polícia de Pernambuco foi acionada. Também havia a informação de que ele teria ido para a região Norte do País.

Manoel era natural de Bezerros, no Agreste de Pernambuco, mas há muitos anos estava morando em Campina Grande, na Paraíba. Ele sofria de diabetes e hipertensão e havia a suspeita de que estaria sofrendo de distúrbios mentais.

Monteiro era membro da Academia Brasileira de Literatura de Cordel, com mais de 150 folhetos publicados.

Com informações do NE10

Comentários

Outras notícias