Black Friday Ubannet

08/06/2018 às 02h13m - Atualizado em 19/06/2018 às 19h26m

Em Timbaúba, audiência pública debate o desmatamento no Refúgio de Vida Silvestre Matas de Água Azul, na Serra do Mascarenhas

A reunião promovida pela Alepe, será às 10 horas desta sexta-feira (8), na Câmara de Vereadores. Deputados estaduais e ambientalistas debaterão os impactos causados por crimes ambientais.

desmatamento-xixa

Uma importante Audiência Pública será realizada em Timbaúba na manhã desta sexta-feira (8). O evento será promovido pela comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) e acontecerá na Câmara Municipal com previsão prevista para iniciar as 10 horas. Deputados membros da comissão e ambientalistas levarão no dia de hoje uma grande discussão sobre o desmatamento no Refúgio de Vida Silvestre Matas de Água Azul, na Serra do Mascarenhas. Este santuário ecológico que aos poucos vem sendo destruído pelo homem, está localizado entre os Municípios de Timbaúba, Vicência e Macaparana. Provavelmente a Casa Doutor Manoel Borba receberá um grande público, pois o tema a ser abordado é de extrema importante para as regiões da Mata Norte, Agreste e Metropolitana, sobretudo porque esta reserva é fundamental para garantir a quantidade e qualidade dos mananciais hídricos da bacia do Rio Goiana, a qual o Rio Capibaribe Mirim faz parte.

Saiba mais informações sobre a reserva de Mata Atlântica em Timbaúba clicando AQUI

O desmatamento principalmente na área de Xixá é vergonhoso, todo dia a paisagem muda e as bananeiras avançam de maneira feroz. São inúmeras as denúncias feitas por Organizações Não Governamentais (ONGs). Ambientalistas preocupados com o descaso, já relataram a diversos veículos de comunicação a prática cotidiana de crimes ambientais através de queimadas com o intuído de abrir clareiras para a plantação agrícola, comercio de animais silvestre e à exploração ilegal de madeira.

Agora é hora da sociedade se unir

Todos nós esperamos que este encontro se resulte em ações reais e que alerte as autoridades competentes sobre os graves danos que a destruição dos nossos recursos naturais causará no futuro bem próximo. E que esta audiência pública sirva também para que a sociedade se organize, discuta e cobre dos gestores ações preventivas e efetivas sobre as questões ambientais, bem como econômicas e sociais para os moradores daquela região. É possível conviver pacificamente com a natureza e dela tirar seu sustento sem agredi-la. A Serra dos Mascarenhas é de extrema importância, pois abriga várias espécies da fauna e da flora, muitas nascentes de rios, e uma rica e importante diversidade biológica. Esta área apresenta também atributos paisagísticos que merecem ser protegidos pela sociedade e Estado.

desmatamento_xixa

Ministério Público Estadual no combate ao desmatamento

Preocupado com o desmatamento na Mata Atlântica existente no município, o promotor de Justiça, Dr. João Elias da Silva Filho, instaurou procedimento para apurar possíveis infrações ambientais na Unidade de Conservação Matas de Água Azul e Xixá, conforme denunciado várias vezes pela imprensa. O MPPE solicitou a Agência Estadual do Meio Ambiente uma vistoria técnica na área para tomar conhecimento do teor da gravidade e os danos causados a fauna e flora. O relatório da Diretoria de Recursos Florestais e Biodiversidade, após concluído, apontou o tamanho do desmatamento cujo objetivo é comercializar ilegalmente a madeira e plantio de bananeiras.

Em junho de 2017, a 1ª Promotoria de Justiça de Timbaúba encaminhou um ofício à Secretaria de Defesa Social (SDS), solicitando um patrulhamento ostensivo por parte da PMPE, através da Companhia Independente do Meio Ambiente (CIPOMA) e também um delegado especial para apurar os devidos atos criminosos contra o Meio Ambiente. O então secretário de Defesa Social Ângelo Gióia, designou o delegado Odivio Pessoa de Vasconcelos que de imediato instaurou um inquérito para investigar os abusos cometidos contra aquele importante santuário ecológico para a região.

Mais de 30 pessoas já foram ouvidas pelo doutor Odivio Vasconcelos. Em ações realizadas pela Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) várias pessoas foram detidas, armas, munições e animais silvestres foram apreendidos. Além da parte penal, o MP pretende em breve convidar órgãos e pessoas envolvidas com o meio ambiente para uma reunião. Ministério Público, Secretaria Estadual do Meio Ambiente (SEMAS-PE), Secretaria do Meio Ambiente de Timbaúba, CPRH, Polícia Militar discutirão uma solução para a situação do desmatamento na Serra dos Mascarenhas. O procedimento teve origem no dia 06 de junho de 2017. 

O papel da imprensa

O site Timbaúba Agora acompanhou passo a passo desde as primeiras consultas públicas realizadas pela Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SEMAS), para discutir propostas sobre a criação deste importante Refúgio de Vida Silvestre (RVS), até a assinatura do Decreto nº 40.551, no dia 28 de março de 2014, pelo então governador do Estado, Eduardo Campos. Estivemos presentes também em vários grupos de cientistas e universitários pernambucanos e de outros estados brasileiros que vieram conhecer e pesquisar a economia, cultura e principalmente o rico ecossistema existente na segunda reserva de Mata Atlântica ao norte do Rio São Francisco. Todos ficaram entusiasmado com a biodiversidade, porém indignados com a destruição.

Acompanhamos também várias excursões escolares e passeios turísticos no interior da floresta onde pode se ver espécies de plantas que os moradores as utilizam como fonte de renda sustentável e na medicina popular. Sucupira, Munguba, Imbiridiba, Jatobá, Amarelo, Visgueiro, Sapucaia, Urucuba, Praíba e Jaguarana, também são encontradas no local, árvores cujo tronco medem mais de 2 metros de diâmetro e outras com cerca de 30 metros de altura. Além de inúmeras nascentes, também podemos ver pequenas, porém bonitas cachoeiras, uma das mais belas é formada pelas águas frias do Rio Caudaloso (Ver fotos AQUI). Local bastante preservado devido ao seu difícil acesso no interior da floresta e ladeado por montanhas bastante íngremes. Neste local mágico, além da paisagem exuberante, também é possível sentir o prazer de alguns minutos parar no tempo para respirar o ar puro de montanha e contemplar a fauna e flora da nossa Floresta Atlântica.

Mais FOTOS

No vídeo, gravado pela equipe do Timbaúba Agora, conheça um pouco do Refúgio de Vida Silvestre Matas de Água Azul, na Serra do Mascarenhas em Timbaúba

ASSUNTOS RELACIONADOS:

Por: Reginaldo A. Silva/Timbaúba Agora

Comentários

Outras notícias