08/06/2017 às 09h24m - Atualizado em 09/06/2017 às 14h20m

Pelo Nordeste: Delegacia no Piauí pode fechar por causa de mofo e focos de dengue

Vigilância Sanitária fez vistoria apontando problemas na estrutura da delegacia de Guadalupe, Sul do Piauí. Estado diz que há licitação para fazer reforma.

policia

A delegacia de Polícia da cidade de Guadalupe, 351 km ao sul do Piauí, foi notificada nesta quinta-feira (8) pela Vigilância Sanitária por causa de focos de dengue, febre amarela e Chikungunya. O delegado Thiago Silva, disse que a delegacia corre risco de fechar por falta de condições de trabalho e a Secretaria de Segurança do Piauí informou que está realizando processo licitatório para uma reforma na delegacia.

O delegado de Guadalupe afirmou que há dificuldades para trabalhar no local vistoriado pela vigilância sanitária. “Só com muita boa vontade. Não temos água potável, não temos saneamento básico, não temos sequer mobília própria”, disse Thiago Silva a respeito da situação da delegacia em Guadalupe. Segundo o delegado existe a possibilidade de fechamento da delegacia por causa da falta de condições de trabalho. Ao todo são 12 profissionais que trabalham no local.

Durante a vistoria foi constatado que os veículos apreendidos pela Polícia Civil no local são focos de dengue, chikungunya e febre amarela. O relatório da vigilância sanitária também solicitou uma retirada de lixo da área externa do prédio, assim como a coleta seletiva dos resíduos sólidos. Foram encontrados ainda mofo no teto, rachaduras em forros e paredes, além de uma fossa séptica sem manutenção.

Por meio de nota a Secretaria de Segurança Pública informou está em andamento um processo licitatório que prevê obras de reformas em delegacias de Teresina e do interior. Segundo a Secretaria há um projeto para reformar a sede da delegacia da cidade de Guadalupe no prazo de seis meses, mesmo prazo estabelecido pela Vigilância Sanitária para a tomada de providências.
 
Do G1 Piauí

Comentários

Outras notícias