Black Friday Ubannet

06/06/2015 às 11h23m

Secretaria de Saúde prorroga prazo de vacinação contra influenza até a próxima sexta-feira (12)

Prazo foi estendido por recomendação do Ministério da Saúde, que pretende vacinar 80% das pessoas consideradas vulneráveis à gripe.

Crianças, idosos e pessoas consideradas vulneráveis às complicações da gripe poderão se imunizar gratuitamente até a próxima sexta. / Foto: Rodrigo Lôbo/Acervo JC ImagemCrianças, idosos e pessoas consideradas vulneráveis às complicações da gripe poderão se imunizar gratuitamente até a próxima sexta.

Por recomendação do Ministério da Saúde, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) prorrogou o prazo de vacinação contra a influenza até a próxima sexta-feira (12). O orgão federal anunciou, na tarde desta sexta-feira (5), que imunizou 73% do público-alvo até agora. De acordo com a pasta, o objetivo é atingir a meta de vacinar 80% da parcela da população considerada vulnerável à gripe.

Em Pernambuco, 1.191.445 de pessoas (63,30%) já foram aos postos. “Já estamos em um período chuvoso, o que aumenta as chances da população adoecer. Quanto antes for aplicada a vacina, mais rápido o público ficará imune”, alertou a coordenadora do Programa Estadual de Imunização da SES, Ana Catarina de Melo.

A campanha é voltada para crianças de 6 meses a menores de 5 anos, gestantes, puérperas, trabalhadores de saúde, povos indígenas, idosos, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional. Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais (diabetes, transplantadores, obesos, doentes cardíacos/renais/hepáticos/neurológicos crônicos, entre outros) também devem ser imunizadas, mediante apresentação de prescrição médica especificando o motivo da indicação da vacina.

A vacina previne contra três vírus da influenza (dois da sazonal – gripes comuns – e o da pandêmica H1N1). É contra-indicada a vacinação em pessoas alérgicas a ovo e hipersensíveis a algum dos componentes da vacina. Além disso, o público que estiver com febre moderada ou grave deve esperar a melhora do quadro para se imunizar.


Do JC Oline
Foto: Rodrigo Lôbo/Acervo JC Imagem

Comentários

Outras notícias