Black Friday Ubannet

06/06/2015 às 02h02m

Náutico bate o América-MG por 2x1 e se consolida no G-4 da Série B

Time alvirrubro continua invicto, com cinco vitórias, um empate e chegou aos 16 pontos

Zagueiro Diego (D) comemora com Gastón o gol que marcou, o primeiro da vitória sobre o América-MG / Foto: Diego Nigro/JC ImagemZagueiro Diego (D) comemora com Gastón o gol que marcou, o primeiro da vitória sobre o América-MG

O Náutico continua imbatível na Série B do Brasileiro. O alvirrubro fez mais uma vítima e venceu o América-MG por 2x1, na noite desta sexta-feira (5/6), na Arena PE pela 6ª rodada, com um público de 11.285, o maior do clube na temporada. O Timbu manteve a invencibilidade, com cinco vitórias, um empate e chegou aos 16 pontos no G-4. O próximo adversário é o Atlético-GO, no próximo sábado (13), em Goiânia. O Coelho caiu na quarta para 6ª posição com 10 pontos.

O técnico Lisca voltou a comandar o time no banco de reservas depois de três partidas suspenso. O zagueiro Ronaldo Alves, lesionado, não pôde jogar e entrou o garoto Diego. No América, o time contou com as voltas do volante Leandro Guerreiro e do meia Mancini.

Os primeiros 20 minutos foram de erros por parte dos dois times. O Náutico, falhando nos passes, enquanto o América não mostrava eficiência na criação ofensiva. No Timbu, os meias Hiltinho e Rogerinho não chegavam bem no apoio. O atacante Douglas voltava para buscar a bola e os laterais Guilherme e Gastón Filgueira não tinham espaço para atacar.

O jogou mudou aos 27 minutos. Em um erro de Gastón Filgueira, o volante Diego Lorenzi cruzou na área. O atacante Cristiano, de bicicleta, mandou a bola no travessão de Júlio César. No rebote, Mancini, livre, finalizou por cima do travessão.

Após o lance do América, o Náutico despertou. Foi mais à frente. Aos 32, o zagueiro Anderson Conceição fez falta em Douglas. Depois da cobrança, a bola sobrou para o zagueiro Fabiano Eller escorar de cabeça e encontrar o garoto Diego, que tocou por cima goleiro João Ricardo para fazer 1x0. O América se abriu. Aos 40, Willian Magrão lançou Rogerinho. O meia acertou um belo chute e a bola foi na trave direita de João Ricardo.

No segundo tempo, o América partiu longo para cima do Náutico. Aos 4, o lateral Bryan passou por Guilherme e Diego. Ele entrou na área e cruzou para Marcelo Toscano, sozinho, só desviar de cabeça e colocar no canto esquerdo de Júlio César: 1x1.

O time alvirrubro respondeu dois minutos depois. Em um arrancada, Hiltinho entrou pelo lado direito, mas finalizou por cima do travessão.

O técnico Lisca decidiu mudar o time em busca de mais velocidade. Entraram Pedro Carmona e Bruno Alves nas vagas de Rogerinho e Willian Magrão, respectivamente, aos 13 e 21 minutos.

As mudanças não deram tanta mobilidade ao time. Mesmo assim, o Náutico, na base da insistência e vontade, chegou a vitória. Aos 29 minutos, Hiltinho foi derrubado na área por Bryan. Pênalti. O atacante Douglas cobrou forte e fez 2x1.

FICHA DO JOGO
Náutico: Júlio César; Guilherme, Diego, Fabiano Eller e Gastón Filgueira; João Ananias, Marino, Willian Magrão (Bruno Alves) e Hiltinho (Renato); Rogerinho (Pedro Carmona) e Douglas. Técnico: Lisca.

América-MG: João Ricardo; Walber, Wesley Matos, Anderson Conceição e Bryan; Leandro Guerreiro, Diego Lorenzi (Henrique Santos), Felipe Amorim (Sávio) e Mancini; Marcelo Toscano e Cristiano (Rubens). Técnico: Givanildo Oliveira.

Local: Arena PE. Árbitro: Marielson Silva (BA). Assistentes: José dos Santos (BA) e Elicarlos Oliveira (BA). Gols: Diego aos 32 minutos do 1º tempo, Marcelo Toscano aos 4, Douglas aos 30 do 2º. Cartões amarelos: Douglas, João Ananias, Gastón Filgueira (N), Anderson Conceição, Felipe Amorim, Marcelo Toscano, Bryan (A). Renda: R$ 180.250. Público: 11.285.


Do JC Oline
Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Comentários

Outras notícias