Black Friday Ubannet

05/06/2018 às 13h15m - Atualizado em 06/06/2018 às 22h08m

Estádio do Treze em Campina Grande deve ir a leilão, determina Justiça

Determinação é por causa de dívidas trabalhistas do Treze Futebol Clube com ex-atletas e ex-funcionários do time.

 

treze_pv

O Estádio Presidente Vargas, que pertence ao Treze Futebol Clube de Campina Grande, deve ir a leilão no dia 15 de junho. A determinação é da 4ª Vara da Justiça do Trabalho, devido a uma série de dívidas trabalhistas do clube com ex-atletas e ex-funcionários.

De acordo com a determinação, o lance inicial do leilão está avaliado em R$ 30 milhões e, caso não haja nenhum comprador, uma segunda chamada está marcada para o dia 29, desta vez com um lance mínimo de R$ 15 milhões.

Na manhã desta terça-feira (5), a assessoria do clube informou ao G1 que o departamento jurídico já está trabalhando para tentar resolver a situação e que a diretoria de futebol do Treze ainda irá divulgar nota com o posicionamento do clube.

G1 também tentou contato com o presidente do Treze, Juarez Lourenço, e com o diretor de futebol, Fábio Azevedo, mas os dois telefones estavam desligados.

Justiça determinou leilão do estádio em 2013 e 2016

Esta não é a primeira vez que o estádio fica próximo de ir a leilão. Em 2013, o clube esteve na mesma situação, também por causa de dívidas com a União. Porém, os diretores do clube recorreram da decisão e o estádio continuou em posse do clube paraibano.

Em 2016, outra determinação colocou o estádio para ser leiloado, mas um acordo entre a diretoria e a Justiça acabou adiando o procedimento.

Comentários

Outras notícias