05/06/2017 às 16h47m - Atualizado em 05/06/2017 às 17h28m

Tumulto na Funase de Abreu e Lima termina com duas mortes e 35 fugas

A rebelião foi registrada na madrugada desta segunda-feira (5). A Funase de Abreu e Lima registrou o último tumulto há 45 dias.

funase

Dois internos morreram e 35 fugiram após uma rebelião registrada na madrugada desta segunda-feira (5) na Funase de Abreu e Lima, Região Metropolitana do Recife. A fuga aconteceu por meio de um buraco no muro na unidade, próximo a uma das guaritas.

Entre os reeducandos que conseguiram fugir, 11 já foram recapturados. Saiba mais na reportagem de Cinthia Ferreira, da TV Jornal:

O motim teve início por volta de 1h. Policiais militares do grupamento de apoio tático itinerante e da rádio patrulha, além de um helicóptero da Secretaria de Defesa Social e do Corpo de Bombeiros, atuaram na ocorrência.

A rebelião foi contida com a chegada do batalhão de choque da Polícia Militar. Os corpos das vítimas já foram encaminhados ao Instituto Médico Legal aqui no Recife.

De acordo com a assessoria de comunicação da Funase, os parentes das vítimas estão recebendo assistência psicológica e social, incluindo os custos com o funeral. O motivo da rebelião será investigando por meio de uma sindicância.

Recorrente

A Funase de Abreu e Lima registrou um motim no dia 24 de abril deste ano. Na ocasião, seis menores ficaram feridos.

No mês de março, um socioeducando morreu no local. Já em janeiro, outros 12 adolescentes fugiram.

Com informações da Rádio Jornal

 

 

Comentários

Outras notícias