Black Friday Ubannet

04/06/2018 às 09h39m - Atualizado em 04/06/2018 às 12h29m

Fábricas de farinha de Pernambuco têm atividades suspensas

O grupo móvel encontrou diversas irregularidades, no entanto, não houve configuração de trabalho semelhante ao de escravo

ministerio-publico-trabalho_pernambuco_mpt1 

Cinco fabricas de farinha, localizadas no interior de Pernambuco, foram fiscalizadas nesta semana. Um grupo especializado em combater o trabalho escravo visitou as fábricas, quatro delas localizadas em Lajedo e uma em Jupi.

Segundo o Ministério Público do Trabalho em Pernambuco, mais de 90 pessoas foram beneficiadas com a fiscalização.

Nas cinco fábricas as atividades foram suspensas porque as máquinas foram interditadas. Durante a fiscalização, não foram constatadas a presença de crianças ou adolescentes em ambientes de trabalho adulto.

Comentários

Outras notícias