Black Friday Ubannet

03/06/2015 às 10h17m

Náutico derrota o Ceará por 2x0 e segue imbatível na Série B

Time alvirrubro chegou aos 13 pontos e soma cinco jogos invicto na competição nacional

Volante Willian Magrão ergue os braços comemorando o seu gol na vitória do Náutico / Foto: Bobby Fabisack/JC ImagemVolante Willian Magrão ergue os braços comemorando o seu gol na vitória do Náutico

O Náutico cumpriu a sua missão e bateu o Ceará por 2x0, na noite desta terça-feira (2/6), na Arena PE, pela 5ª rodada da Série B do Brasileiro. O alvirrubro chegou aos 13 pontos, continua invicto com quatro vitórias e um empate, e ocupa a segunda posição. Agora, o Timbu vai em busca de mais três pontos diante do América Mineiro, sexta-feira (5), também na Arena. O time cearense, com a derrota, continua em situação delicada na competição com apenas quatro pontos.

Depois da partida com o América-MG, o Náutico terá um folga na tabela e só volta a jogar no dia 13, contra o Atlético Goianiense, no Serra Dourada, em Goiânia.

O técnico Lisca fez mistério sobre a escalação do Náutico. No entanto, ele só fez uma mudança em relação ao time que vinha atuando. A única modificação foi o retorno do meia Rogerinho no lugar de Bruno Alves. E logo com um minuto, o Timbu teve um pênalti ao seu favor. O meia Hiltinho entrou na área e foi derrubado pelo lateral Raniery, embora o árbitro capixaba Marcos Andre Gomes da Penha tenha marcado falta do zagueiro Sandro, que foi punido com o cartão amarelo. O zagueiro Ronaldo Alves cobrou a penalidade e fez 1x0.

Após o gol se esperava um Náutico mais forte ofensivamente. Mas, o time ficou atrás segurando o resultado e pouco criou no ataque. O time não finalizou durante o restante do primeiro tempo. O Ceará, mesmo com mais posse de bola, não ofendeu a defesa alvirrubra. A melhor chance só ocorreu aos 41 minutos, quando a bola foi cruzada da área e o volante João Ananias salvou quase na linha do gol.

No segundo tempo, o Náutico deixou de lado a cautela de foi para o ataque. Aos cinco minutos, depois de boa jogada entre o lateral Guilherme e o meia Hiltinho servir ao volante Willian Magrão, que de fora da área acertou um belo chute para fazer 2x0.

Com o adversário batido, o Náutico foi para cima. Aos 11 minutos, o atacante Douglas acertou um belo chute e o goleiro Tiago fez uma grande defesa. Em desvantagem, o técnico Silas resolveu mudar. Ele tirou o meia William e colocou o atacante Rodrigo Silva. Ao mesmo tempo, saiu o meia Wescley e entrou Robinho.

Apesar das mudanças, o Ceará não teve facilidade. O Náutico, muito bem armando defensivamente, não deu espaço ao adversário. A equipe cearense só conseguiu criar uma boa oportunidade de diminuir o placar aos 27. O atacante Rodrigo Silva acertou um arremate e Júlio César defendeu.

Com o jogo nas mãos, o Náutico tocou a bola, mesmo com as entradas do meia Bruno Alves no lugar de Willian Magrão e dos atacantes Renato e Josimar nas vagas de Rogerinho e Douglas, respectivamente. Assim, o time só administrou o resultado.

FICHA DO JOGO

Náutico: Júlio César; Guilheme, Ronaldo Alves, Fabiano Eller e Gstón Filgueira; João Ananias, Marino, Willian Magrão (Bruno Alves) e Hiltinho; Rogerinho (Renato) e Douglas (Josimar). Técnico: Lisca.

Ceará: Tiago; Roniery (Baraca), Sandro, Gilvan e Fernandinho; Sandro Manoel, Uillan Correia, William (Rodrigo Silva) e Ricardinho; Eloir e Wescley (Robinho). Técnico: Silas.

Local: Arena PE. Árbitro: Marcos Andre Gomes da Penha (ES). Assistentes: Fabiano da Silva Ramires e Édson Glicerio dos Santos (ES). Gols: Ronaldo Alves aos 2 minutos do 1º tempo, Willian Magrão aos 11 do 2º. Cartões Amarelos: Sandro, Eloir, Robinho (C). Renda: R$ 181.210. Público: 10.997.


Do JC Online
Foto: Bobby Fabisack/JC Imagem

Comentários

Outras notícias