GB Bateiras

03/06/2014 às 10h38m

Paulo Câmara cresceu pouco nas pesquisas apesar de estar em campanha há mais de 90 dias

A batalha propriamente dita só vai começar quando os candidatos forem apresentados aos eleitores no horário político no rádio e na TV

Lançado há cerca de 90 dias como candidato do PSB ao governo estadual, o ex-secretário Paulo Câmara não vem crescendo no ritmo esperado, a julgar pela pesquisa do Ibope divulgada ontem por esta Folha. Palanque ele tem de sobra. São 21 partidos na sua coligação, com perspectiva de chegar a 22 com a esperada adesão do PP. É certo que o senador Armando Monteiro já tem um nome consolidado em Pernambuco e vem trabalhando há muito mais tempo. Mas é certo também que após três meses de visitas às principais cidades do interior esperava-se que o candidato do PSB estivesse melhor situado nas pesquisas de opinião. Isso não quer dizer, em absoluto, que a eleição de Pernambuco já está decidida. A batalha propriamente dita só vai começar quando os candidatos forem apresentados aos eleitores no horário político da TV. Mas quem larga na frente tem mais chance de animar a sua tropa do que quem está em desvantagem.

Comentários

Outras notícias