Black Friday Ubannet

31/05/2014 às 10h37m

Em reencontro com a torcida, Santa vence o Joinville

Tricolor bateu os catarinenses por 2x0. Carlos Alberto foi um dos destaques do jogo

Pela terceira vez neste ano, como mandante, o Santa Cruz foi até os Aflitos. Mas diferente das demais idas, esta não teve como cenário as arquibancadas vazias. Com a liberação da presença da torcida, a equipe coral contou com o apoio de milhares de tricolores contra o Joinville, pela Série B. E o reencontro foi feliz. Com gols de Memo e Betinho, o Santa derrotou os catarinenses por 2×0.

Durante a partida, a torcida do Santa fez questão de mostrar que estava presente. E não demorou muito para os atletas retribuírem o carinho das arquibancadas. Aos 15, Memo dominou no meio e tocou para Carlos Alberto. O camisa 10 só teve o trabalho de ajeitar a bola para o volante soltar o pé. A bola beijou a trave e morreu no fundo das redes. Gol com a trilha sonora daqueles que sentiam saudade de comemorar ao lado dos jogadores.

O Tricolor ditou o ritmo do jogo até os 25 minutos. Depois disso, o Joinville acordou. Em cinco minutos, três boas chances para os visitantes. Thiago Medeiros e Edigar Junior tentaram de cabeça, mas erraram o alvo. Ratinho tentou o chute cruzado, mas mandou para fora. Os mandantes responderam com um chute no travessão de Carlos Alberto.

Aos 35, Betinho teve tudo para fazer o segundo gol coral. Recebeu passe caprichado de Nininho, saiu na cara do goleiro e bateu em cima de Ivan. Antes da primeira etapa, o meia Tartá entrou forte em Memo e recebeu amarelo. Segundos depois, fez outra falta e aí foi inevitável: nova advertência e expulsão.

O Joinville voltou do intervalo buscando diminuir os espaços do Santa. Ratinho acertou bom chute de longe e obrigou Tiago Cardoso a se esticar. Mas atuar com um a menos e procurar o ataque é perigoso. O Santa aproveitou a exposição dos catarinenses e encaixou um contragolpe letal. Renatinho deu um cruzamento na medida para Betinho marcar o segundo da partida e o seu terceiro gol na Série B. Ainda teve espaço para as estreias de Julinho e Emerson.

Sem precisar se lançar ao ataque, o Santa foi segurando o jogo e impedindo o Joinville de encaixar os contra-ataques. Depois de sete empates, o Santa vai iniciando uma nova sequência na Série B: a de vitorias.

Santa Cruz 2

Tiago Cardoso; Nininho(Julinho), Everton Sena, Renan Fonseca e Renatinho; Sandro Manoel, Memo, Danilo Pires e Carlos Alberto(Emerson); Pingo (Caça-rato) e Léo Gamalho. Técnico: Sérgio Guedes

Joinville 0

Ivan; Edson Ratinho, Guti, Thiago Medeiros e Bruno Costa; Washington(Gustavo), Naldo, Tartá e Alisson(Murilo); Schwenck e Edigar Júnior(Fernando Viana). Técnico: Hemerson Maria

Local: Aflitos (Recife/PE)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Luiz Cláudio Regazone e Eduardo de Souza Couto (ambos do RJ)
Gols: Memo (aos 15 do 1ºT) e Betinho (aos 10 do 2ºT)
Cartões amarelos: Naldo, Murilo, Tartá (Joinville), Pingo (Santa Cruz)
Cartão vermelho: Tartá (Joinville)
Público: 9.884 torcedores
Renda: R$ 149.969,00

Com informações de William Tavares/Folha PE

Comentários

Outras notícias