Black Friday Ubannet

29/05/2018 às 21h38m - Atualizado em 29/05/2018 às 22h34m

Paróquia Nossa Senhora das Dores de Timbaúba completa 145 anos

Conheça a história da Igreja Católica que desde o dia 28 de maio de 1873 vem levando religiosidade e fé aos timbaubenses

paroquia-nossa_senhora_das_dores

A Paróquia Nossa Senhora das Dores de Timbaúba completou 145 anos neste dia 28 de maio de 2018. A paróquia de Timbaúba foi criada e obteve autonomia religiosa por força da Lei nº 1.103, de 28 de maio de 1873, da Assembléia Provincial de Pernambuco.

Saiba mais informações de Timbaúba clicando AQUI

Em 1823, o português Antônio José Guimarães transferiu a feira de Mocós para o pátio de sua fazenda onde fica atualmente a Praça Carlos Lira. Dessa forma, originou-se um povoado na localidade. A população e a esposa do português construíram no local a Capela Nossa Senhora das Dores onde hoje é o Mercado Público Municipal.

Seis anos depois por conta do crescente desenvolvimento social e econômico,  Timbaúba obteve sua emancipação política e se desmembrou do município de Itambé. O município e a Comarca de Timbaúba foram criadas por meio da promulgação da Lei nº 1.363, de 8 de abril de 1879.

paroquia_nossa_senhora_das_dores2_1                Imagens: Reprodução (Esquerda) - Timbaúba Agora (Direita)

Em 28 de fevereiro de 1932, a Paróquia Nossa Senhora das Dores  foi inaugurada na Rua Vigário Augusto, nas proximidades da Praça João Pessoa, pelo Monsenhor José Marques da Fonseca.

As principais imagens são procedentes de Portugal. A paróquia de Timbaúba tem estilo Barroco Moderno.

O primeiro representante da Paróquia de Nossa Senhora das Dores foi o Padre Augusto Cabral de Vasconcelos. Ele foi nomeado no dia 19 de julho de 1873. Também contribuíram para o crescimento religioso de Timbaúba: Vigário Augusto, Vigário José Marçal Pedrosa, Vigário Henrique Vieira da Silva, Vigário Virgínio Estanislau Afonso, Monsenhor José Marques da Fonseca, Monsenhor Orlando do Nascimento Silva e Padre Marcos Henrique de Pontes. O Padre Severino Correia da Silva, auxiliado pelo Vigário José Rogério de Sousa e pelo diácono Manoel Dias da Silva, atualmente estão comandando a paróquia. 

Comentários

Outras notícias