CDL Timbaúba

29/05/2017 às 14h35m - Atualizado em 31/05/2017 às 02h29m

Caruaru: Ruas, escolas e hospitais são danificados após chuvas, diz prefeita

De acordo com Raquel Lyra, 30 muros de escolas correm o risco de desabar, cinco famílias estão desabrigadas e 17 desalojadas.

raquel_lira

A prefeita de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, Raquel Lyra (PSDB), concedeu uma entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira (29) para destacar os problemas estruturais na cidade após as chuvas do último fim de semana. O grande volume de água no Agreste e na Mata Sul deixou ao menos quatro mil desalojados, vários desabrigados, dois mortos e dois desaparecidos. O governador do estado, Paulo Câmara (PSB), decretou estado de calamidade em 15 municípios.

De acordo com ela, mais de 200 ruas foram danificadas, 30 muros de escolas correm o risco de desabar, unidades de saúde foram atingidas, 13 casas desabaram, e a Casa de Saúde Bom Jesus e a prefeitura foram parcialmente interditadas por causa das chuvas. Segundo a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), choveu 219 mm em menos de 24 horas, o equivalente a três vezes o esperado para todo o mês na cidade.

Segundo a prefeita, duas pessoas ainda estão desaparecidas, cinco famílias estão desabrigadas e 17 desalojadas. Com esse quadro, a gestora espera que o município seja inserido no decreto de emergência do Governo de Pernambuco. Ela disse que houve um equívoco na decisão do governador Paulo Câmara em não incluir Caruaru.

Com informações do G1 Caruaru

Comentários

Outras notícias