Black Friday Ubannet

29/05/2017 às 14h37m - Atualizado em 30/05/2017 às 04h22m

André marca três vezes, Sport vence Grêmio por 4×3 e reage no Brasileiro

Leão se afastou da zona de rebaixamento com 4 pontos ganhos e ocupa a 12ª posição.

futebol_sport_na_ilha_do_retiro

A primeira partida do Sport após a era Ney Franco não faltou com emoção. O time começou o jogo sonolento e viu o time reserva do Grêmio – que tinha o foco dividido com a decisão da Copa do Brasil contra o Fluminense, na quarta-feira (31) – abrir 2×0. O Leão, contudo, foi salvo pela noite iluminada do atacante André, que marcou três vezes e garantiu a sua primeira vitória na Série A deste ano, por 4×3. O outro gol foi de Matheus Ferraz. Pelo Grêmio, Fernandinho marcou duas vezes e Rafael Thyere outra, em partida realizada neste domingo (28), na Ilha do Retiro.

Sob o comando do técnico interino, Daniel Paulista, a vitória está longe de resolver os problemas do Rubro-negro, mas cria um ambiente um pouco mais favorável para o próximo treinador que assumir a equipe. Agora, o Leão se afastou da zona de rebaixamento com 4 pontos ganhos e ocupa a 12ª posição. Já o Grêmio deixou escapar a liderança que tinha no início da rodada e é terceiro colocado.

Sport entra apagado e Grêmio aproveita

O jogo já havia começado, mas parecia que o Leão não tinha entrado no tempo da partida. Mesmo encarando um time completamente reserva do Grêmio, o Sport era um time distraído em campo e sem nenhuma força, nem na marcação, nem no campo ofensivo. E não demorou muito para que os gaúchos escancarassem a péssima postura do Rubro-negro em campo. Logos aos quatro minutos, Fernandinho armou jogada pela direita, com facilidade, e passou para Nicolas Careca, que tocou para Éverton. Ele, sozinho, mandou a bomba para a grande defesa de Magrão, mas na sequência Fernandinho, mais uma vez, apareceu esquecido pela defesa do Sport para abrir o placar.

O Leão não pareceu nem um pouco próximo de empatar a partida. Pelo contrário, era o Grêmio quem se aproveitava dos espaços deixados pelo adversário. Muito por conta da ausência de Rithely, que ajudava na criação ofensiva, mas estava ausente quando o Tricolor gaúcho surpreendia no contra-ataque. Numa dessas, o Grêmio conseguiu um escanteio, e foi na cobrança que o segundo gol saiu. Rafael Thyere aproveitou sobra na pequena área e ampliou, aos 17.

Parecia que o Sport não teria força nenhuma para buscar mudar o rumo da partida. O time não conseguia criar jogadas ofensivas e abusava das bolas aéreas, que eram quase sempre interceptadas pela defesa. No momento em que André conseguiu se desvencilhar do marcador, ele desviou a bola e mandou no canto esquerdo do goleiro Léo, que não conseguiu chegar. O Sport conseguia diminuir aos 34 do primeiro tempo e o gol serviu de faísca para o Sport buscar o empate, mas o placar do intervalo foi mesmo 2×1 para o Grêmio.

Sport volta com atuação perfeita, e vira o placar

O Leão voltou incomodado com a derrota. A postura dentro de campo mostrava isso, e o time se aproveitou da falta de entrosamento do adversário para aumentar o seu volume de jogo. E funcionou. Com Lenis em campo, que entrou no intervalo no lugar de Rogério, o Sport tinha um poder de criação muito maior que o adversário.

Depois de muita pressão, Matheus Ferraz aproveitou bola levantada e cabeceou, sem chances para o goleiro Léo. Com o empate, o Sport sentiu que era o momento de buscar os três pontos, e se lançou ao ataque. O gol da virada saiu com o homem da partida. Osvaldo lançou Marquinhos, que encontrou André para fazer o seu segundo gol da no jogo e o terceiro do Sport, aos 28.

O Grêmio esboçou uma reação pela primeira vez no segundo tempo, tentando chegar ao gol. Mas foi a vez do Sport ser letal no contra-ataque. André, mais uma vez, ganhou do defensor e ampliou a partida, aos 39. O Tricolor voltou a assustar o Rubro-negro. Pepe foi derrubado por Matheus Ferraz na área, e o juiz pegou pênalti. Na cobrança, Fernandinho marcou sem chances para Magrão, aos 40.

Mas isso foi o máximo. O Grêmio não conseguiu chegar ao gol de empate e o Leão conseguiu sua primeira vitória na competição.

André desencanta

A reação do Sport passou pelo poder ofensivo de André. O atacante foi letal nas oportunidades que teve e marcou três vezes, garantindo a vitória ao Leão.

Baixo público

Apenas 3.441 torcedores estiveram na Ilha do Retiro para acompanhar a partida. Mesmo com a chuva e o mau momento do Leão, o público foi decepcionante.

Mau jogo de Rogério e boa partida de Lenis

No primeiro tempo Rogério era o titular do Sport. O atacante não conseguiu produzir praticamente nada em favor do Sport. Seus substituto, Lenis, ajudou na criação das jogadas e foi muito útil para a virada do placar.

FICHA DA PARTIDA – SPORT 4 X 3 GRÊMIO

Sport: Magrão; Fabrício, Matheus Ferraz, Durval e Mena; Anselmo, Rithely e Everton Felipe (Marquinhos); Rogério (Lenis), Osvaldo e André. Técnico: Daniel Paulista.

Grêmio: Léo; Bressan, Bruno Rodrigo, Rafael Thyere; Conrado, Kaio, Jailson e Machado; Fernandinho; Éverton (Pepe) e Nicolas Careca (Lima). Técnico: Renato Gaúcho.

Série A (3º rodada). Local: Ilha do Retiro, Recife, PE. Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA). Auxiliares: Elicarlos Franco e Alessandro Rocha (BA). Gols: Fernandinho (G), aos 4′ do 1T e aos 41 do 2T; Rafael Thyere (G), aos 17′ do 1T; André (S), aos 34 do 1T, e aos 28 do 2T e 39 do 2T; Matheus Ferraz (S), aos 17′ do 2T. Amarelos: Mena (S) e Bressan (G). Vermelho: Mena (S). Público: 3.441. Renda: R$ 74.684.

Comentários

Outras notícias