Black Friday Ubannet

26/05/2017 às 09h20m

Recife: Preso trio de agiotas acusado de estuprar mulher por dívida

Com o chefe do grupo de agiotas foi encontrado arma, cheques e documento de vítimas

estupro-violencia_sexual

A Polícia Civil de Pernambuco apresentou nesta quinta-feira (25) o resultado de uma operação para desarticular um grupo que cometia agiotagem no Recife. De acordo com a delegacia de Afogados, Rosivaldo Barbosa Da Silva, de 47 anos, fazia empréstimos com juros altos e, mesmo com a dívida sanada, obrigava os clientes a pagar parcelas adicionais. O homem ameaçava as vítimas com arma de fogo e é suspeito até de cometer um estupro contra uma mulher que não conseguia mais pagar as parcelas impostas. Ainda de acordo com as invesigações, o homem tinha dois comparsas, Jose Roberto Pereira Cordoville, 44, e Sheila de Oliveira de Alcântara Xavier, 40, que também foram presos.

Os investigadores chegaram aos suspeitos, na última terça-feira (23), após a denúncia de uma vítima e realizaram a prisão em flagrante quando Rosivaldo chegava ao local combinado, no bairro de Afogados, Zona Oeste, para o recebimento de mais uma parcela da dívida. “Ele fazia um empréstimo com juros de 40% (sob o valor do empréstimo). Em determinado momento a dívida já havia sigo paga mas ele continuava cobrando dinheiro e utilizava uma arma de fogo para ameaçar as vítimas”, explicou o delegado Igor Leite.

Segundo o delegado, Rosivaldo é investigado por “pedir favores sexuais” as vítimas que não honravam com o que cobrava. “A vítima relata que em determinado momento não tinha o dinheiro da parcela e ele não aceitou o valor que ela ofereceu. Ele colocou um revólver na cabeça dela e a levou para um motel à força”, concluiu.

Prisões

O delegado contou que na casa de Rosivaldo foi encontrada a arma descrita pela vítima e que seria proveniente de roubo de uma empresa de segurança onde o ele trabalhou. Os policiais apreenderam também munição, documentos de vítimas, cheque, além de uma caderneta com a contabilidade da ação criminoso. Os comparsas de Rosivaldo também foram presos na terça-feira. Os dois homens estão presos no Centro de Triagem em Abreu e Lima (Cotel) e a mulher foi levada para a Colôna Penal Feminia do Bom Pastor. Eles foram indiciados por associação criminosa, extorsão , posse ilegal de arma de fogo, investigado por furto e retensão de documento previdenciário de idosos.

Com informações do JC Online

Comentários

Outras notícias