Black Friday Ubannet

24/05/2019 às 10h15m - Atualizado em 24/05/2019 às 13h04m

Homem é preso por suspeita de torturar, obrigar vítimas a cavar as próprias covas e executá-las com tiros

Segundo a Polícia Civil, dois homens foram assassinados por vender drogas sem autorização de traficantes. Jeferson Xavier, conhecido por Manolo, é integrante da facção criminosa Trem Bala.

jeferson_xavier_da_silva 

Um homem foi preso por suspeita de torturar duas vítimas com foices e enxadas, obrigá-las a cavar as próprias covas e executar com tiros. De acordo com a Polícia Civil, os homens, que formavam um casal, foram mortos por vender drogas sem autorização de uma quadrilha de traficantes.

Ainda de acordo com a polícia, Jefferson Xavier da Silva integrava a organização criminosa que atuava nos municípios de Ipojuca, no Grande Recife, e de Sirinhaém, no Litoral Sul de Pernambuco. A corporação acredita que outros quatro ou cinco homens integravam o grupo, mas eles não foram localizados.

A prisão de Jefferson ocorreu na quarta-feira (22), no distrito de Camela, em Ipojuca. Foram cumpridos mandados expedidos pela Vara Criminal da Comarca de Sirinhaém e pela 1ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana.

O grupo de Jeferson, segundo a investigação, praticou os crimes no dia 2 de junho de 2018. As duas vítimas, aponta a polícia, foram arrastadas de casa, no distrito de Santo Amaro, em Sirinhaém.

Levados para um canavial, os homens foram golpeados com foices e enxadas. A quadrilha obrigou a dupla a cavar as sepulturas e usou armas de fogo na execução. Eles foram enterrados no local.

"Chegamos a Jefferson depois de receber informações de que o grupo estava ameaçando moradores de Camela e que ele tinha envolvimento com homicídios, com dois mandados em aberto", afirma o delegado Luiz Ney Rodrigues.

Além de envolvimento nas mortes e no tráfico de drogas, Jefferson, de acordo com a polícia, invadia casas na localidade e retirava os moradores, com uso de violência. Os imóveis eram vendidos a terceiros ou usados como ponto de venda de drogas.

A polícia informou que na casa de Jefferson foram encontrados vários móveis e eletrodomésticos. Geladeira, fogão, micro-ondas foram roubados de vítimas que deixaram as moradias depois de terem sido ameaçadas pelo homem que está preso.

Os objetos recolhidos na casa do homem foram levados para a delegacia. Luiz Ney Rodrigues afirma que tenta localizar os moradores que tiveram os pertences roubados para poder fazer a devolução. "Pedimos apoio para que as pessoas roubadas entrem em contato com a polícia", observa.

A polícia informou, ainda, que Jefferson foi encaminhado para o Centro de Triagem e Observação Criminológica (Cotel), em Abreu e Lima, no Grande Recife.

Comentários

Outras notícias