Black Friday Ubannet

24/05/2017 às 22h48m - Atualizado em 25/05/2017 às 15h35m

Polícia apreende mais 20 quilos de maconha e ‘skank’, em Campina Grande, durante Operação Noturno

A ação teve início na noite da terça-feira (23), com a apreensão de aproximadamente 15 quilos de drogas

pericia_paraiba
A Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) de Campina Grande apreendeu, na manhã desta quarta-feira (24), 19 quilos de maconha e ainda um quilo da droga conhecida como ‘skank’, nos bairros de Cuités e Jeremias. Com este trabalho, que recebeu o nome de Operação Noturno, a unidade especializada de Polícia Civil contabiliza 35 quilos de entorpecentes retirados de circulação na cidade em menos de 24h.

“A ação iniciou na noite da terça-feira (23), quando apreendemos aproximadamente 15 quilos de drogas no Jardim Paulistano e Três Irmãs. O que encontramos, em Cuités e Jeremias, é um outro depósito da quadrilha, cujos integrantes são Davi Gregory Araújo Costa, Pedro Carlos da Silva, Fernando de Araújo Costa e Jailson Batista dos Santos, todos autuados em flagrante”, explicou o delegado da DRE, Ramirez São Pedro.

O delegado ainda acrescentou que o ‘skank’ é uma droga manipulada em laboratório, com uma concentração maior de THC. “Ainda destacamos a característica específica de distribuir os entorpecentes durante a madrugada e com uso de veículos de cor preta, por isso o nome da operação”, afirmou.

De acordo com as investigações, o suspeito David Gregory é apontado também como o responsável por transportar mais de 41kg de maconha apreendidos em janeiro deste ano, pela Polícia Militar, no Conjunto Vila Nova da Rainha, utilizando-se do mesmo veículo apreendido pela delegacia especializada. Já Pedro Carlos, o Pedrinho, é foragido do estado de Pernambuco e contra si havia um mandado de prisão preventiva, por suposto envolvimento em crimes patrimoniais e participou de rebeliões no Rio Grande do Norte. Em 2015, enquanto adolescente, Davi participou de roubo e sequestro em Campina Grande.

Comentários

Outras notícias