Black Friday Ubannet

24/05/2016 às 21h06m

Jovem de 20 anos é preso em Olinda com 152 kg de maconha em casa

Apreendida em Olinda, droga estava distribuída em 132 pacotes. Denúncias anônimas levaram a Polícia Militar a prender o suspeito.

Polícia Militar apreendeu 152,6 kg de maconha dentro de uma residência em Olinda

Um homem de 20 anos foi preso em Olinda, na Região Metropolitana do Recife, na madrugada desta terça-feira (24) após a Polícia Militar de Pernambuco encontrar 152,6 kg de maconha em sua residência, localizada no bairro de Águas Compridas. Segundo informações do G1 PE, a droga apreendida estava distribuída em 132 pacotes e foi localizada por volta das 3h, após a PM receber denúncias anônimas de que estaria ocorrendo tráfico de drogas na região.

Uma balança de precisão e um aparelho celular também foram apreendidos na operação, que contou com policiais do Grupo de Apoio Tático Itinerante (Gati) e do 1º Batalhão da PM. O suspeito, que não tinha antecedentes criminais, afirmou à polícia que conseguiria vender a droga em, no máximo, dois meses, mas não deu mais detalhes de onde veio o material.

Ele foi encaminhado para a Delegacia do Varadouro, onde foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas. De lá, seguiu para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, no Grande Recife.

Mais droga apreendida em Olinda

Em Ouro Preto, outro bairro de Olinda, a Polícia Civil de Pernambuco prendeu em flagrante, na segunda-feira (23), um homem de 31 anos que mantinha em casa 36 kg de maconha. Com dois mandados em aberto, um por roubo e outro por homicídio, o suspeito estava sendo investigado há um mês pela polícia, que informou também que ele já havia sido preso por dois assassinatos.

O suspeito foi levado para o Cotel e, caso seja condenado, poderá pegar uma pena de até oito anos de reclusão. De acordo com a polícia, a droga, que veio do Sertão do estado, seria repassada a pequenos distribuidores de Olinda. Por isso, os fornecedores também estão sendo investigados.


Do G1PE
Foto: Polícia Militar/Divulgação

Comentários

Outras notícias