Black Friday Ubannet

18/05/2018 às 11h41m - Atualizado em 18/05/2018 às 14h09m

Compesa é multada por despejar esgoto sem tratamento no Rio São Francisco

Segundo a prefeitura de Petrolina, a Compesa foi a responsável pela ligação irregular, e, por isso, o município aplicou uma multa de R$20 milhões no órgão.

petrolina_-_ponte_2 

A Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma) de Petrolina encontrou uma ligação clandestina de esgoto que despeja esgoto diretamente no Rio São Francisco. A irregularidade foi identificada em uma área entre o bairro Atrás Banca e Orla II, próximo a uma obra da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). Segundo a prefeitura, a Compesa foi a responsável pela ligação irregular, e, por isso, o município aplicou uma multa de R$20 milhões no órgão.

O diretor-presidente da Amma, Pedro Neto, revelou que o esgoto deságuava no Rio São Francisco sem nenhum tipo de tratamento. “O transporte desse esgoto estava sendo feito pela galeria de rede de água pluvial do município e não pela de esgoto. Então ele fazia a coleta e o transporte de maneira irregular, bem como o lançamento sem o tratamento no Rio São Francisco”, explicou.

A irregularidade foi identificada na última segunda-feira (14). O município notificou a Compesa e deu um prazo de 10 dias para companhia resolver o problema. No auto de infração, a multa é classificada como simples, no valor de R$20 milhões de reais. A autuação tem como base os artigos 61 e 62 do decreto federal 6514/08 que tratam de poluição e lançamento de resíduos no meio ambiente.

Em nota, a Compesa informou que recebeu com indignação a acusação da Prefeitura de Petrolina, e garantiu que não despeja esgoto no Rio São Francisco. Segundo o órgão, assim que a ligação clandestina foi identificada, foram também tomadas providências imediatas para correção. Inclusive a Compesa afirmou que está investigando quem fez essa ligação para que sejam aplicadas às penalidades. A companhia destacou ainda que também trabalha na fiscalização e no combate às ligações clandestinas de esgoto. A Compesa disse que vai recorrer na justiça do pagamento da multa aplicada pela prefeitura.

Fonte: G1 Petrolina 

Comentários

Outras notícias