CDL Timbaúba

17/05/2017 às 09h50m - Atualizado em 17/05/2017 às 12h55m

Esposa de jogador do Salgueiro tenta ajuda para salvar filha com problema no coração

Vanessa é esposa do meia Elvis. Com 22 semanas de gestão, ela descobriu que a filha Lara sofre de uma doença rara no coração. A menina precisará passar por três cirurgias

esposa_de_jogador_-_copia

Grávida de 34 semanas, a esposa do meia Elvis, do Salgueiro, atraiu uma rede de solidariedade através de um texto divulgado no Facebook. Na postagem, Vanessa Parente fala do problema que a filha Lara, prevista para nascer no dia 25 de junho, enfrenta. Com 22 semanas de gestação, a menina foi diagnosticada com a Síndrome de Hipoplasia do Coração Esquerdo (SHCE), uma doença rara, conhecida como “meio coração”. Lara terá que passar por três cirurgias. A primeira, assim que nascer. A segunda deve ser feita com quatro meses de vida e a terceira aos quatro anos de idade.

De acordo com Vanessa, os procedimentos são feitos em São Paulo ou fora do Brasil. No próximo dia 26, ela viaja para a capital paulista. No entanto, para ajudar a filha, que nas primeiras semanas de formação teve a parte esquerda do coração atrofiada, dificultando o bombeamento de sangue para o corpo e o envio de oxigênio para o cérebro, o casal precisa de uma alta quantia. As três cirurgias custam R$ 600 mil.

– Ela tem uma cardiopatia congênita rara. A cada 5 mil crianças, uma nasce com o problema. Descobri na 22ª semana, depois de uma ultrassonografia morfológica. A partir daí, fui tomando providências e fazendo os exames e os diagnósticos eram sempre os mesmos. A realidade é essa, vou enfrentar. Nas primeiras semanas de formação a parte esquerda do coração atrofiou, não cresceu. Não bombeia sangue para o corpo nem manda oxigênio paro cérebro. São três cirurgias complexas. Pedem que a gente esteja preparado para tudo, mas estamos confiantes que vai ficar tudo certo. É bem difícil, mas somos escolhidos – disse Vanessa.

Vanessa conta que, a princípio, a história de Lara seria contada apenas em um grupo composto por mulheres de jogadores de futebol de várias partes do país. Para sua surpresa, o texto começou a ser compartilhado inúmeras vezes e acabou viralizando na internet.

– É um grupo no Facebook com esposas de jogadores do Brasil inteiro. Muitas já me ajudaram, estão fazendo de tudo, rifas com camisas de jogadores. Têm maridos que jogam no Flamengo, Grêmio e elas estão me enviando as camisas deles para eu rifar. Até então, ficaria entre as esposas. Nãos ei como surgiu a repercussão. Graças a Deus, tem muita gente ligando, dando apoio.

Além da cirurgia, Vanessa explica que precisará de recursos para cobrir os gastos com medicação e a estadia de sete meses em São Paulo. Ela conta que entrará com uma ação para que o Governo de Pernambuco assuma os custos das três cirurgias.

– Com 35 semanas de gravidez, que é recomendável, minha advogada vai entrar com uma liminar contra o governo do estado para eles pagarem. Pedem para que a gente esteja preparado financeiramente. Vamos tentar tudo – garante.

Disputando a Série C do Campeonato Brasileiro, Elvis, que tem passagens por Santa Cruz e Sport, agradeceu o apoio que vem recebendo do grupo do Salgueiro.

- Estão solidários comigo. Estamos todos juntos. A eles, (companheiros do Salgueiro) tenho só que agradecer. Estão fechados comigo, juntos nessa luta.

Para quem quiser contribuir com o tratamento de Lara, Vanessa compartilhou o número de uma conta bancária que pertence a sua mãe, Maria Edna Parente Primo. Confira:

Número da conta: 47435-7- Agência: 0776 - OP: 013 - Maria Edna Parente Primo - Banco: Caixa Econômica Federal

Confira o texto publicado por Vanessa

Então, sou casada com Elvis, no momento ele está jogando no Salgueiro, em minha cidade.. Estou gestante de 33+6, sete meses e meio. Com 22 semanas, no ultrassom morfológica minha bebê foi diagnosticada com uma cardiopatia congênita grave e rara, a doença chama-se " SÍNDROME DE HIPOPLASIA DO CORAÇÃO ESQUERDO", conhecido como:meio coração. Resumindo: a parte esquerda do coração dela atrofiou nas primeiras semanas de formação, a qual deveria ser grande e bater rápido para bombear sangue para todo o corpo e liberar oxigênio para o cérebro. Assim que ela nascer, terá que fazer uma cirurgia de imediato, a segunda fará com 04 meses de vida e a terceira com 4 anos. São 3 cirurgias difíceis, complexas.. Quem se interessar em saber mais pode me procurar ou da uma pesquisada na internet e verão o qual grave é!

As três cirurgias são impagáveis, custa 600.000,00. Mas com 35 semanas que é recomendável, minha advogada vai entrar com uma liminar contra o governo do estado para eles pagarem, e eles têm obrigação de pagar...

Terei que ir para São Paulo, só lá estará preparado para recebê-la e tem todos os recursos.

O parto está previsto pro dia 25/06

E eu tô indo para SP dia 26 desse mês, um mês antes.

Eu vou sozinha, na verdade eu e Deus.

Meu esposo não pode largar o emprego para me acompanhar, nem minha mãe e eu só tenho eles na verdade.

Quando eu chegar em São Paulo terei que passar por consulta é fazer novo ecocardiograma fetal e Cada ecocardiograma fetal(ultrassom do coração do bebê) custa de 400,00 à 800,00

Consultas de 400,00 à 700,00, medicamentos após ela nascer,

Transporte, pois não tenho ninguém em São Paulo,

Fora outras despesas que terei, pois vou passar no mínimo 7 meses em sp, porque os médicos só liberaram após a segunda cirurgia, passagem que custa em torno de 600,00 e infelizmente sem a ajuda de vocês não sei como será!

eu não esperava que seria tantos gastos.

Sei que são momentos difíceis, cada dia as portas se fecham mais, mas a vontade de voltar com a minha filha pra casa supera qualquer coisa! Deus tem dado força a mim e a minha família, mas não é fácil!

Então meninas, gostaria da ajuda de vocês, quem puder ajudar com alguma quantia ou em oração pela minha Lara eu ficarei muito feliz! Só Deus mesmo para poder pagar a cada uma de vocês.. desculpe o textão!

Por Globo Esporte Pernambuco 

Comentários

Outras notícias