Black Friday Ubannet

14/05/2014 às 06h58m

Visita da presidente Dilma é marcada por protesto no Sertão de PE

Dilma visitou a estação de bombeamento de Cabrobó nesta terça (13). Índios da tribo Truká interditaram a BR-428 durante cerca de duas horas.

A visita da presidente da república, Dilma Rousseff, à Cabrobó, cidade localizada no Sertão pernambucano, foi rápida e marcada por um protesto de uma tribo indígena. Ela visitou na tarde de hoje o canteiro de obras da Estação de bombeamento (EB 1 – Cabrobó), por volta das 15h30 e passou cerca de 25 minutos no local.

Além da comitiva, o governador de Pernambuco, João Lyra, diversos prefeitos, deputados e vereadores da região acompanharam a visita.

A obra foi interrompida para que os trabalhadores pudessem recepcionar a presidente. Ela chegou a cumprimentar alguns deles e conversou rapidamente com as autoridades locais antes de embarcar em um dos helicópteros e deixar o local sem atender a imprensa.

Enquanto isso, na BR-428, cerca de 700 pessoas, entre moradores de Cabrobó e os índios Truká interditaram a rodovia. O protesto foi pacífico e durou cerca de duas horas.

Em entrevista a imprensa, um dos líderes da tribo, que está presente nos municípios de Sobradinho e Paulo Afonso, na Bahia, além de Orocó e Cabrobó, em Pernambuco, disse que a transposição tem impactado negativamente a tribo Truká.

"Nós não fomos ouvidos e nem respeitados. Nós temos populações que estão sendo tiradas do eixo sem indenização, ou seja, estão sendo expulsas de suas terras. Outras precisam passar pelas terras de outras pessoas até chegar nas suas. Quem está fazendo a transposição não teve a sensibilidade de construir passagens no curso do canal”, reclamou uma da lideranças da tribo, Issô Truká.

De acordo com o inspetor chefe da Polícia Rodoviária Federal em Salgueiro, Claudio Andrade, o congestionamento foi de aproximadamente 10 quilômetros e durou cerca de duas horas.

As informações são do G1PE
Foto: Carol Souza/ G1

Comentários

Outras notícias