Black Friday Ubannet

12/05/2016 às 07h31m - Atualizado em 12/05/2016 às 07h35m

Clubes pernambucanos assinam TAC para combater violência nos estádios

O termo é para ajustar o processo de prevenção e de segurança nos estádios de futebol e seu entorno

Na noite desta terça-feira (10), foi assinado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre a procuradoria do Superior Tribunal de Justiça desportiva e clubes pernambucanos na sede da Federação Pernambucana de Futebol (FPF). O termo visa evitar práticas de desordem e violência, além de identificar e punir os infratores responsáveis pelos atos.

O presidente da (FPF), Evandro Carvalho destacou as ações da instituição no combate a esse tipo de violência por parte dos torcedores. “A Federação Pernambucana já apresentou um projeto em Brasília, onde nós endurecemos a legislação, que é o primeiro ponto a ser resolvido. Não é possível mais que vejamos as ações de torcedores identificados como torcida organizada ou não que pratiquem atos graves e sejam simplesmente qualificados como infratores dentro de uma legislação de menor poder ofensivo, ” disse.

O procurador geral do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, Paulo Schimitt explica como a organização vai atuar na identificação dos infratores. “Nós estamos chamando a reponsabilidade dos clubes para que se cumpra a legislação desportiva. Que é a possiblidade de identificação desses torcedores e que os clubes adotem medidas para o monitoramento adequado de imagem dentro estádios e que imediatamente a ocorrência de qualquer problema possa ser fraqueada as autoridades, para que então possamos tomar as medidas cabíveis, ” destacou.

Os clubes pernambucanos vão ser os primeiros do brasil a assinar o termo que passará por outros estados país. Além da assinatura do termo de ajustamento de conduta, também foi realizada uma homenagem simbólica aos árbitros que apitaram as partidas finas do campeonato pernambucano.


Foto: Caroline Santos/Rádio Jornal

Comentários

Outras notícias