Black Friday Ubannet

09/05/2018 às 09h25m - Atualizado em 09/05/2018 às 11h15m

Inquérito que investiga recebimento de propina pelo senador Fernando Bezerra Coelho é encaminhado para o juiz Sérgio Moro

Coelho foi denunciado no ano de 2016, no âmbito da Operação Lava Jato, acusado de recebimento de propina de pelo menos R$ 41,5 milhões

fernando_bezerra_coelho

Nesta segunda-feira (7), a chefe do Ministério Público Federal (MPF) pediu que a denúncia apresentada contra o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) sejam remetida a primeira instância da Justiça. O ministro e relator da Lava Jato do STF, Edson Fachin, já determinou o envio do inquérito para o juiz Sérgio Moro. É o primeiro inquérito da Lava Jato envolvendo político com foro a ser remetido para a 1ª instância da Justiça. Bezerra Coelho estava na pauta de julgamento do STF nesta terça-feira (8), mas acabou sendo retirado pelo relator da Lava Jato, Edson Fachin.

O senador foi acusado pelo MPF de ter recebido cerca de R$ 41,5 milhões de empreiteiras entre 2010 e 2011, quando era secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco e presidente do Complexo Industrial Portuário de Suape, na gestão do ex-governador Eduardo Campos. O julgamento foi iniciado em dezembro do ano passado e dois ministros já tinham votado a favor da aceitação da denúncia (Edson Fachin e Celso de Mello) e dois contra (Gilmar Mendes e Dias Toffoli). O "voto de minerva" seria do ministro Ricardo Lewandowski, que estava ausente na sessão.

 

Comentários

Outras notícias